PUBLICIDADE
ACESSO AO CONHECIMENTO

5 setores que continuam com bons resultados durante a pandemia

25/05/2020 15h03 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

5 setores que continuam com bons resultados durante a pandemia

https://pixabay.com/

Uma crise para uns pode não ser uma oportunidade para outros. Em meio à pandemia do COVID-19, o mundo inteiro está sofrendo com o problema de saúde e econômico que ela causou, mas há setores da economia que não só têm bons resultados como ainda cresceram. Não à toa são empresas e áreas bastante ligadas à tecnologia.



Plataformas de ensino

O ensino já estava pulando de cabeça nas plataformas online, que permitem acesso fácil ao conhecimento com preços acessíveis. Empresas como Udemy, Codeacademy, Coursera, entre outras cresceram possibilitando cursos dos mais variados.

Só que agora há mais um agravante: as crianças também estão em casa. Apenas passar o conteúdo por uma videoconferência pode ser insuficiente, ainda mais com 40-50 alunos que estavam em uma sala e agora estão em casa. Plataformas que auxiliam os professores e contam com vídeos, exercícios e resoluções comentadas são uma mão na roda.



Não à toa essas empresas de e-learning oferecem cursos gratuitos para as pessoas conhecerem sua plataforma. Agora é a hora para eles se firmarem como uma fonte de conhecimento popular.

Sites de iGaming

Com as saídas para a rua extremamente limitadas, é normal que o tédio ataque em diversos momentos. Por isso os sites de iGaming, como o esporte net bet, ganham muito espaço. Os esportes tradicionais estão parados em sua maioria, mas aos poucos eles estão voltando e os e-sports nunca pararam. Quem quiser dar seus palpites têm no que apostar.

Já os cassinos online seguem com toda força, com slots, roleta, jogos de cartas e bingo com salas cheias e sendo uma fonte de diversão para quem curte esses jogos tradicionais dos grande salões de Las Vegas e Mônaco.

Aplicativos de delivery

Estes são os que mais claramente conseguiram bons resultados com a pandemia. Um serviço essencial, os apps como Rappi, Uber Eats, iFood, entre outros, aumentaram e muito seus serviços para ligar o comércio necessário com as pessoas. No começo da pandemia e as quarentenas impostas no Brasil, o Rappi reportou um aumento de 30%.

E não é só comida. A empresa colombiana, por exemplo, transporta de tudo, inclusive produtos de farmácias e supermercados. Sem eles, o isolamento social seria muito mais difícil, já que as pessoas teriam que sair mais para fazer compras de todo gênero.

Compras online

Com as lojas fechadas, obviamente o comércio online – e-commerce – ia crescer. Segundo análise da ACI Worldwide, o crescimento é de 209% em abril comparado com o mesmo período do ano anterior, algo realmente digno de nota.

.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE