PUBLICIDADE
FRENTE FRIA

Baixas temperaturas persistem nas noites cuiabanas até quarta-feira

Os termômetros voltam a registrar máxima de 39º na sexta (24), mas madrugadas e manhãs continuam geladas nesta semana. Atenção, Cuiabá ainda sem previsão de chuva.

Da Redação

Equipe

20/08/2018 14h44 | Atualizada em 20/08/2018 15h18

Baixas temperaturas persistem nas noites cuiabanas até quarta-feira

Circuito MT

As baixas temperaturas registradas em Cuiabá nesta segunda-feira (20) devem seguir até quarta-feira (22), devido a uma frente fria vinda do sul do país. Para hoje, terça e quarta-feira, a mínima se mantém em 16º Celsius, porém a máxima deve alcançar 32º C daqui a três dias. Durante a semana, o frio nas madrugas e manhãs cederá ao calor no período da tarde.

O diretor de Proteção e Defesa Civil do município, o coronel do Corpo de Bombeiros Paulo Wolkmer, explica que a sensação maior de frio se dá em razão das rajadas de vento leves a moderados, entre 7 e 10 metros por segundo, vindas do Atlântico Sul. As chuvas, por sua vez, têm menos de 5% de expectativa para esta semana.

“Por causa dos ventos e da mudança brusca na temperatura, tivemos a impressão de que choveu, mas, na verdade, as ‘pancadas de chuvas’ se resumiram a ‘chuviscos’ na região do CPA (menos de 1 milímetro – mm) e no Coxipó (1,2 mm). Para considerarmos a típica chuva do caju, que já é abaixo da média em quantidade para uma chuva normal, teria de ser entre 3 e 5 mm, e não tivemos nem isso”.

Ele pontua que temperaturas mais altas voltam a Cuiabá, onde Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) prevê na quinta e na sexta (23 e 24) máxima de 39º C e mínima de 25ºC. Se os ventos continuarem, a umidade relativa do ar deve se manter em 80% ou um pouco mais baixo, mantendo o conforto humano, de qualquer forma, Wolker orienta a população a ter cuidados com a saúde e se manter atenta, pois essas questões da natureza mudam muito rapidamente e as pessoas devem se adaptar.

“No frio, é muito importante agasalhar-se adequadamente para sair na rua, evitar exercícios físicos ao ar livre em dias frios e secos, por isso é importante acompanhar se a umidade do ar está adequada, também usar soro fisiológico para hidratar olhos e narinas que costumam ficar ressacadas, manter fonte de ventilação em locais fechados para evitar a proliferação de vírus, bactérias ou material particulado que provoque alergias”.

Caso a umidade relativa do ar estiver baixa - e a Defesa Civil emitirá alerta caso necessário -, também vale  usar recipientes com água, toalhas molhadas, umidificadores, também lavar e secar bem mantas, cobertores e blusas guardadas por muito tempo em armários. Atenção ao sol. Mesmo com o frio é importante manter o cuidado com o sol, utilizando protetores.

Umidade relativa do ar

Acima de 30% - Aceitável

Entre 21 e 30% - Estado de Atenção

Entre 12 e 20% - Estado de Alerta

Abaixo de 12% - Estado de Emergência

*Organização Mundial da Saúde (OMS)

 

 

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE