PUBLICIDADE
SAIBA MAIS

Cuiabá pode ter menor temperatura do ano na madrugada de terça

Para Cuiabá, a previsão é que a mínima possa chegar a 10ºC nas primeiras horas de terça-feira.

09/07/2018 15h02 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Cuiabá pode ter menor temperatura do ano na madrugada de terça

Reprodução

A primeira frente fria do inverno chegou derrubando as temperaturas nas cidades mato-grossenses e a expectativa é que a capital mato-grossense possa marcar a menor temperatura do ano na madrugada da próxima terça-feira (10). Segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), que é ligado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a previsão é de 10ºC em Cuiabá e 4ºC em Chapada dos Guimarães.

Para Cuiabá, a previsão é que a mínima possa chegar a 10ºC nas primeiras horas de terça-feira. Depois, a temperatura sobe um pouco, mas não deve ultrapassar os 22ºC. O dia deverá ter uma variação de nebulosidade. Na quarta-feira, os termômetros devem girar entre 10ºC e 27ºC.
 
No dia 21 de maio, a chegada da primeira frente fria forte do ano derrubou os termômetros em várias cidades do país, incluindo Cuiabá. A manhã daquele dia registrou a menor temperatura do ano na capital mato-grossense. A estação meteorológica convencional do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) chegou a marcar 11.4ºC. Com isto, caso a previsão se confirme, o recorde deve ser batido.
 
Em Chapada dos Guimarães, a expectativa é de ainda mais frio. Na terça-feira, a mínima esperada é de 4ºC e a máxima não deve ultrapassar os 19ºC. Na quarta-feira, os termômetros devem variar entre 6ºC e 25ºC. Na quinta-feira, a variação de temperatura deverá ser grande, com o dia começando com 10ºC, podendo chegar a 28ºC.
 
Conforme o CPTEC, no sábado (07), um cavado (circulação dos ventos no sentido horário entre 10 e 5000 metros de altura) avançou e cruzou a Cordilheira dos Andes, favorecendo a formação de uma onda frontal. Com a atuação deste frente fria a nebulosidade deverá aumentar em vários pontos e a chuva deverá chegar para alguns setores.

FONTE: OLHAR DIRETO

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE