PUBLICIDADE
FUTEBOL

Atlético-GO e Bahia empatam e se complicam na tabela

O primeiro tempo não foi uma partida agradável de se assistir, mas o resultado premiava a equipe que buscava jogar mais até então.

12/09/2017 06h29 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Atlético-GO e Bahia empatam e se complicam na tabela

Reprodução

Nesta segunda-feira, Atlético-GO e Bahia encerraram a 23ª rodada do Campeonato Brasileiro a empatar por 1 a 1 no Estádio Olímpico. O resultado foi ruim para as duas equipes, que lutam para fugir da zona de rebaixamento.

O primeiro tempo não foi uma partida agradável de se assistir, mas o resultado premiava a equipe que buscava jogar mais até então. O Atlético-GO foi superior e chegou ao gol em uma aula de contra-ataque, em que Luiz Fernando colocou o time da casa em vantagem.

Ao final da primeira etapa, o goleiro tricolor Jean deu o tom para o segundo tempo. "A gente não assustou eles nenhuma vez. É ir para o vestiário, ouvir o que o professor tem para falar e ajustar".

E assim foi feito. O Bahia voltou do intervalo com Vinícius na vaga de Régis e o Tricolor precisou de apenas nove minutos para empatar. Zé Rafael fez grande jogada, tabelou com Rodrigão, depois com Mendoza, saiu na cara do goleiro Marcos, fez o drible e manda para o fundo das redes. Um golaço dos visitantes.

No restante da etapa final, o Bahia dominou o Atlético-GO, mas pecou na finalização. Zé Rafael mandou à esquerda de Marcos, Rodrigão chutou em cima do goleiro, e Vinícius jogou por cima da meta nas três oportunidades claras do Tricolor.

Por fim, o Bahia ao menos teve a boa notícia com o retorno de Allione. O argentino, emprestado pelo Palmeiras, vinha tendo boas atuações pelo clube baiano, mas sofreu uma lesão e ficou cerca de um mês e meio afastado. Com apenas 15 minutos em campo, o atleta mostrou boa movimentação, mas não foi capaz de fazer com que os visitantes virassem o confronto.

Com o resultado, o Atlético-GO chega a 19 pontos, mas permanece na lanterna. O Bahia vai a 27, mas perde uma posição e cai para o 15º lugar. O Dragão volta a campo no sábado, quando visita a Ponte Preta, às 21h, no Moisés Lucarelli. O Tricolor também joga fora de casa: encara o Cruzeiro no domingo, às 19h, no Mineirão.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 1 x 1 BAHIA

Local: Estádio Olímpico, em Goiânia (GO)

Data: 11 de setembro de 2017, segunda-feira

Horário: 20 horas (de Brasília)

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Assistentes: Herman Brunel Vani (SP) e Vitor Carmona Metestaine (SP)

Público: 3.818 presentes

Renda: R$ 58.115,00

Cartões amarelos: André Castro (ATLÉTICO-GO); Lucas Fonseca e Juninho Capixaba (BAHIA)

GOLS:

ATLÉTICO-GO: Luiz Fernando, aos 32 minutos do primeiro tempo

BAHIA: Zé Rafael, aos nove minutos da etapa final

ATLÉTICO-GO: Marcos; Jonathan, Gilvan, William Alves e Bruno Pacheco; Igor (Ronaldo) e André Castro; Andrigo (Niltinho), Jorginho e Luiz Fernando (Alison); Walter

Técnico: João Paulo Sanches

BAHIA: Jean; Eduardo, Rodrigo Becão, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Edson, Renê Júnior, Régis (Vinícius), Zé Rafael e Mendoza (Edigar Junio); Rodrigão (Allione)

Técnico: Preto Casagrande

FONTE: G1

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE