Quinta-Feira, 27 de Abril de 2017
SAIBA MAIS

USP divulga notas mínimas para candidatos conseguirem vaga pelo Sisu

Há parcela específica para estudantes que fizeram o ensino médio em escola pública e para pretos, pardos e indígenas.

USP divulga notas mínimas para candidatos conseguirem vaga pelo Sisu
 

A Universidade de São Paulo divulgou nesta sexta-feira (16) as notas mínimas para que os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) possam conseguir vagas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Confira aqui.

Na lista, há também o número de vagas disponíveis em cada carreira e a relação de cursos que aceitarão estudantes por meio do Sisu.
Ao todo, serão oferecidas 2.338 vagas em 150 cursos. Desse total, 597 são de ampla concorrência; 1.155 são para estudantes que tenham cursado o ensino médio integralmente em escolas públicas; e 586 para alunos oriundos de escolas públicas e autodeclarados pretos, pardos e indígenas (PPI).

Redução de notas
No ano passado, de 1.489 vagas ofertadas, apenas 814 foram preenchidas. Uma das prováveis explicações é que as notas mínimas para o ingresso nos cursos foram consideradas muito altas - em algumas carreiras, chegavam a 700 pontos.

Neste ano, segundo a USP, houve redução da pontuação exigida para que os candidatos ingressassem na universidade pelo Sisu. A Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (Fearp), por exemplo, exigia 700 pontos no ano passado, para o curso de administração. Na edição de 2017, a nota caiu para 550.

Arquitetura e Urbanismo
Neste ano, a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) e o Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU) passaram a oferecer vagas pelo Sisu. Em 2016, eles não integravam o processo, já que exigiam, na Fuvest, uma prova de habilidade específica. Como o Enem não poderia agregar este tipo de avaliação, ficou determinado que estas instituições não participariam do sistema alternativo de seleção.

Neste ano, a FAU e o IAU suspenderam as provas de habilidades específicas na Fuvest, em caráter experimental, para poderem integrar o Sisu. A nota mínima no Enem para pleitear uma vaga em ambas é 600 pontos.

USP no Sisu
Neste ano, serão oferecidas 849 vagas a mais do que no ano passado. A parcela representa 21% do total de alunos que ingressarão na USP em 2017.
Ao todo, 44 cursos disponibilizados na instituição de ensino não possuem vagas pelo Enem. Apenas três unidades da USP não aderiram: o Instituto de Física (IF), a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) e a Faculdade de Medicina da USP (FMUSP).

A universidade aderiu ao Sisu em 2015 como forma alternativa de ingresso de alunos, além da Fuvest, seu vestibular tradicional.

Fonte: G1

COMENTAR