PUBLICIDADE

Professor de Campo Novo do Parecis tem projeto selecionado e ganha prêmio do Mec

O professor da escola Jardim das Palmeiras, de Campo Novo do Parecis, Cleiton Marino Santana, diretor técnico do Projeto de Xadrez como ferramenta de Inclusão Social, foi selecionado para a 7ª Edição do Prêmio Professores do Brasil, organizado pelo Ministério da Educação. Ele foi selecionado entre 3.221 outros projetos enviados ao Ministério de Educação, onde o objetivo é reconhecer o mérito de professores das redes públicas de ensino, pela contribuição dada para a melhoria da qualidade da educação básica, por meio de experiências pedagógicas bem-sucedidas, criativas e inovadoras. Como premiação, Cleiton Marino ganhou R$ 6 mil, e ainda concorreu a um prêmio adicional de R$ 5 mil, pelo melhor projeto do Brasil da categoria. A premiação aconteceu nos dias 12 e 13 de dezembro, juntamente com a realização do 7º Seminário Prêmio Professores do Brasil. A diretora da escola Iolanda Gama, acompanhou o professor no evento e o Ministério da Educação, através do setor de planejamento, custeou as passagens, hotel e alimentação de ambos.   Projeto vem ganhando destaque no mundo   Desenvolvido desde 2012, o projeto tem ganhado a cada ano grandes proporções e incentivos (até mesmo financeiro), se destacando também fora do país. No final do mês de novembro, o professor foi convidado a fazer uma palestra em Havana – Cuba, no V Convencion Internacional de la Actividad Fisica y el Deporte, através do I Simposio de Ajedrez Universitario para apresentar os resultados científicos do projeto. No ocasião, Cleiton Marino fez as apresentações dos trabalhos no Palácio das Convecções, onde participavam professores e pesquisadores de mais de 10 países do todas as partes do mundo. Nesse mesmo evento, o professor foi convidado a participar de um Comitê Científico Internacional de Xadrez pelo Professor Doutor Lázaro Antônio Bueno Pérez de Cuba, e um convite muito especial, de um Secretário de Educação de uma província de Angola, País da África, que em 2014 desenvolverá um Projeto de Xadrez nas Escolas de Angola. Cleiton permaneceu em Havana por 14 dias, onde conheceu o Instituto Superior Latinoamericano de Xadrez e estabeleceu parcerias para a realização de intercâmbios entre os países.       Redação DS - Parecis.Net  

14/12/2013 17h30 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE