PUBLICIDADE
EDIÇÃO IMPRESSA

Leia a Edição n.° 675 do Circuito MT

As recentes prisões de quarta-feira (9) do deputado Mauro Savi (DEM) e do ex-secretário-chefe da Casa Civil Paulo Cesar Zamar Taques e seu irmão, o quase homônimo do governador, Pedro Jorge...

10/05/2018 06h46 | Atualizada em 10/05/2018 09h44

As recentes prisões de quarta-feira (9) do deputado Mauro Savi (DEM) e do o ex-secretário-chefe da Casa Civil Paulo Cesar Zamar Taques e seu irmão, o quase homônimo do governador, Pedro Jorge Zamar Taques, colocaram o estado novamente sob os holofotes nacionais. Uma situação que desde a prisão do ex-governador Silval Barbosa, em 2017, tumultua a cena política mato-grossense. Apesar do escândalo, todas essas prisões também são sinais de mudanças positivas, pois revelam um primeiro endurecimento das instituições de justiça contra a corrupção endêmica que por anos atuou no estado. A grande questão é como darmos outros passos para irmos além e vencermos esse mal na raiz do problema

 

 

Veja algumas notícias desta edição

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE