PUBLICIDADE
CARNAVAL CUIABANO

Festival de Cultura Popular será realizado no dia 14 de maio na Praça da Mandioca

Ao todo serão 14 blocos carnavalescos, sendo seis blocos de embalo, seis de enredo e dois de samba

Da Redação

Equipe

04/05/2022 16h43 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

O prefeito Emanuel Pinheiro anunciou a realização do Festival de Cultura Popular, o Carnaval Cuiabano, para o dia 14 de maio, a partir das 19h, na Praça da Mandioca.



Ao todo serão 14 blocos carnavalescos, sendo seis blocos de embalo, seis de enredo e dois de samba. São eles: Bloco Ho Povo Feio Raiz, Bloco Ho Povo Feio 10, Bloco Duque Folia, Unidos do Duque, Flanáticos, Explosão de Cuiabá, Unidos do Carumbé, Boca Suja, Império de Casa Nova, Tradição do Araés, Unidos Do Araés, Divas, Império de Angola e Paiaguais. A animação do palco fica por conta da banda Saca Rolha.

“Nessa linha da cultura popular, autorizamos para o dia 14 de maio, o Festival da Cultura Popular, o Carnaval cuiabano fora de época. Teve a pandemia, algumas cidades brasileiras fizeram isso, o Carnaval fora de época, porque fevereiro ainda estava muito complicada as reuniões e aglomerações e nós transferimos para 14 de maio o Carnaval cuiabano que vai ser lá na Praça da Mandioca, charmosa, linda e cuiabana até a alma. Vamos reunir os blocos carnavalescos. Então, vamos nos encontrar com esses 14 blocos carnavalescos e vamos tremer o chão da Praça da Mandioca com alegria, confraternização, paz, felicidade e famílias ali presente”, disse o prefeito.

Dentre as ações destacadas pelo chefe do Executivo Municipal, está a entrega da obra do Estádio Eurico Gaspar Dutra, realizada no mês de janeiro. Pinheiro também citou a primeira edição do festival gastronômico e cultural ‘Refestela Cuiabá’, realizado em abril para comemorar o aniversário de 303 anos da capital.



“Quero destacar o ótimo momento em que vive a Cultura, Esporte e Lazer da Capital nesse primeiro quadrimestre de 2022. Começou com o Dutrinha, templo do futebol cuiabano que está lá lindo e maravilho devolvido a ao futebol cuiabano e a nossa gente, aos apaixonados assim como eu pelo futebol. Depois veio o Refestela, maravilhoso lá na Praça 8 de Abril, uma festa maravilhosa devolvendo as praças as famílias cuiabanas”, pontuou.

O gestor citou ainda o Festival da Pamonha, realizado pela Secretaria de Turismo, em parceria com a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico.

“Depois veio o Festival da Pamonha lá na comunidade Rio dos Peixes, na Rodovia Emanuel Pinheiro, um sucesso absoluto, milhares de pessoas foram lá nos quatro dias da semana santa gerando mais de 500 empregos diretos e quase 1000 indiretos, meio milhão de reais circulou por ali potencializando o comercio e turismo. Ali foram envolvidos a parte de Turismo, sob comando do secretário Zito Adrien, Cultura, Esporte e Lazer, sob comando do Aluízio Leite, e Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, sob comando do secretário Francisco Vuolo, um sucesso absoluto”, comentou Pinheiro.

Além disso, a Secretaria de Cultura também realizou o Festival de Culinária Cuiabana Matula, que foi um verdadeiro sucesso. “No último final de semana o Festival Matula, na praça Santos Dumont, um sucesso absoluto com envolvimento de 18 comerciantes, participação de várias escolas e, com isso exercitamos, estimulamos a riquíssima culinária cuiabana e o sucesso foi tão grande durante os três dias, que cerca de 10 mil pessoas superlotaram a restaurada Praça Santos Dumont, que entregamos recentemente a população cuiabana”, acrescentou.

Por fim, o prefeito afirmou que os festivais culturais e de gastronomia serão levados para as praças nos bairros da cidade. “Conversei com eles e quero agora que esses festivais que estão tento total sucesso no centro, sejam levados para as praças dos bairros da nossa cidade, começa regionalmente, praça do Pedra 90, do CPA, do Parque Cuiabá, no bairro Dom Aquino, enfim, esse festival popular cultural, social e de lazer deve ir para os bairros também. Porque a população dos bairros merece essa alegria, essa confraternização, essa festa que está sendo a potencialização da cultura cuiabana”, reforçou Emanuel.



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE