PUBLICIDADE
RECURSOS

MT Afluentes contempla municípios de todas as regiões de Mato Grosso

Direcionado a prefeituras, edital da Secel selecionou 93 projetos, sendo 40 no eixo Cultura e mais 53 no eixo Especial Natal; investimento total é de R$ R$ 12,88 milhões

Da Redação

Equipe

27/10/2021 09h13 | Atualizada em 27/10/2021 09h18

MT Afluentes contempla municípios de todas as regiões de Mato Grosso

Divulgação

Está disponível o resultado final com relação de prefeituras contempladas no edital MT Afluentes, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT). Ao todo, foram selecionados 93 projetos, sendo 40 no eixo Cultura e mais 53 no eixo Especial Natal.



Com investimento de R$ R$ 12,88 milhões, o edital é o primeiro a financiar projetos culturais executados por prefeituras em Mato Grosso, descentralizando os recursos diretamente aos municípios. Confira aqui o resultado.

Nos dois eixos, há projetos contemplados em todas as regiões de Mato Grosso. De Colniza a Vila Rica, de Guarantã do Norte a Poconé, de Vila Bela da Santíssima Trindade a Cocalinho, municípios de todos os cantos do Estado poderão viabilizar suas próprias demandas e vocações culturais, fomentando a rede produtiva da cultura local.

No eixo MT Afluentes – Cultura, em que as gestões municipais podem realizar quaisquer ações que tenham relação com os diversos campos e linguagens artístico-culturais, as propostas a serem executadas variam de R$ 50 mil a R$ 250 mil.



Também de demanda livre, o eixo MT Afluentes – Especial Natal possibilita a realização de atividades de cunho sociocultural e de lazer, incluindo decoração e programação cultural, que integrem a temática natalina. Com valores que vão de R$ 60 mil a R$ 400 mil reais, as propostas foram divididas de acordo com o número de habitantes por localidade.

A seleção pública teve também como objetivo o fortalecimento dos Sistemas Estadual e Municipais de Cultura. Para isso, garantiu até 20 pontos nos critérios de avaliação aos municípios que já implementaram o Sistema Municipal de Cultura, o chamado CPF da Cultura (Conselho, Plano e Fundo). Cabe ressaltar que, além de permitir a transferência Fundo a Fundo (do Fundo Estadual ao Fundo Municipal), a implementação do CPF da Cultura ajuda na integração das políticas públicas do Estado com seus municípios.

“Com o edital MT Afluentes, materializamos cada vez mais a importância dos municípios para a construção de políticas públicas culturais em Mato Grosso. Quero parabenizar os projetos selecionados e agradecer a todos os gestores municipais que se empenharam e enviaram suas propostas. Vamos continuar trabalhando juntos para fortalecer nossa cultura!”, enaltece o titular da Secel, Alberto Machado, o Beto Dois a Um.

FONTE: Cida Rodrigues | Secel-MT



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE