PUBLICIDADE
PRAZO ACABANDO

Proponentes ao Fundo Municipal de Cultura têm até quarta-feira para apresentar recurso

Os recursos devem ser apresentados na sede da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo

Da Redação

Equipe

12/02/2019 12h06 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Proponentes ao Fundo Municipal de Cultura têm até quarta-feira para apresentar recurso

Assessoria

Os proponentes ao Fundo Municipal de Cultura têm até quarta-feira, 13, para protocolarem recurso, caso tenham algum questionamento quanto à seleção dos projetos culturais 2019. Os recursos devem ser apresentados na sede da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, localizada à rua Barão de Melgaço, nº 3.677, Centro, com funcionamento de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h.

“Os que tiverem algum dúvida ou questionamentos, podem recorrer ao município até esta data. Vamos ponderar todas as indagações e os membros do Conselho de Cultura as analisarão de acordo com cada segmento” explica o secretário de Cultura, Esporte, Turismo, Francisco Vuolo.

Vuolo esclarece ainda que somente posterior a essa análise, é que os projetos serão aprovados. “Até o momento, fizemos apenas a seleção dos projetos, por isso ainda cabe o recurso. E só após a apreciação dos reclamantes é que vamos, de fato, fazer a aprovação das propostas. Ressalto que todo o processo, desde o edital até a fase de seleção, foi realizado de forma transparente, sempre prezando pela participação da população, que é uma das determinações do prefeito Emanuel Pinheiro”, salienta o secretário. 

Ao todo, foram selecionados 51 projetos, em que a classificação foi feita pelos conselheiros culturais, ao longo do mês de janeiro. A lista foi publicada no Diário de Contas desta sexta-feira (8). “Todas as normas para este processo estão descritas no Edital de Cultura, que circulou no mês de dezembro, onde os artistas puderam se inscrever para a seleção, apresentando suas ideias”, acrescenta Vuolo. 

Para este ano, a Prefeitura de Cuiabá destinou mais de R$ 2 milhões aos projetos culturais, que serão desenvolvidos nas quatro regiões da Capital.

.

FONTE: Assessoria

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE