PUBLICIDADE
48 ANOS

Coral UFMT encerra temporada com concerto no fim de semana

Os ingressos serão trocados por um livro de literatura infantil ou infantojuvenil ou gibis para o Projeto Inclusão Literária.

07/12/2018 07h42 | Atualizada em 07/12/2018 08h24

Coral UFMT encerra temporada com concerto no fim de semana

Divulgação

O ano de 2018 foi especial para o Coral da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com atividades desenvolvidas em Cuiabá e a participação em um encontro internacional de coros, no Panamá. Para comemorar as conquistas, o grupo realiza neste sábado (08) e domingo (09), às 20h, no Teatro Universitário, um concerto que marca também o aniversário de 48 anos da Instituição e o encerramento da temporada 2018.

Os ingressos serão trocados por um livro de literatura infantil ou infantojuvenil ou gibis, que serão destinados ao Projeto Inclusão Literária. A troca irá ocorrer nos dias dos espetáculos, a partir das 18h, na bilheteria do teatro. 

A maestrina e diretora artística do Coral UFMT, Dorit Kolling, informa que o concerto será dividido em dois momentos. No primeiro, o Coral UFMT interpreta um clássico da música vocal latino-americana: a “Misa Criolla". 

Composta por Ariel Ramirez, entre 1963 e 1964, a Misa remete à ideia de uma obra litúrgica, escrita em língua espanhola, em que cada parte é interpretada com ritmos diferentes que correspondem a regiões distintas da Argentina.

“A ‘Misa Criolla’, juntamente com ‘Navidad Nuestra’, é considerada a mais famosa composição de Ramirez e também, devido a sua popularidade, que ultrapassa as fronteiras da América do Sul, a mais importante obra argentina de música sacra. É uma das mais populares de música cristã na América Latina e muito conhecida e executada entre os corais amadores”, destaca.

O cantor cuiabano Helberth Silva é o solista para a apresentação da “Misa Criolla”, que conta ainda com o acompanhamento dos músicos Rodrigo Cavalcante (teclado), Gabriel Rodrigues Campos (charango), Nelson Cunha (contrabaixo), Tarcísio Oliveira e Adonys Aguiar (percussão).

Já no segundo momento, a maestrina prossegue explicando que os coralistas interpretam obras diversas do repertório, apresentando compositores norteamericanos do século XX e canções da nossa Música Popular Brasileira, de autoria de Edu Lobo e Capinan, Milton Nascimento, Geraldo Espíndola.

“Composições de Eduardo Gudin e Costa Neto, Geraldo Vandré e Theo Barros se contrapõem às canções eruditas de compositores norte-americanos Randall Stoope (1953), Ralph Manuel (1951) e Eric Witachre (1970) completam o programa”, afirma.

Também se participam da apresentação Rodrigo Cavalcante (teclado), Gabriel Rodrigues Campos (violão), Nelson Cunha (contrabaixo), Tarcísio Oliveira, Adonys Aguiar e Clóvis Goncalves de Oliveira (percussão).

Trajetória
O Coral da UFMT desenvolve, há 38 anos, um trabalho musical voltado aos estudantes de diversos cursos da universidade, professores, servidores e comunidade em geral. Com um repertório variado - que abrange a música erudita, popular, folclórica, sacra e regional, além de peças sinfônicas - o grupo divulga seu trabalho muito além dos muros da universidade e das fronteiras mato-grossenses. 

Desde que foi criado, em 29 de abril de 1980 pelo então reitor Gabriel Novis Neves e vice-reitor Benedito Pedro Dorileo, o grupo já realizou concertos no Uruguai, no Paraguai e na Argentina. Em outubro desse ano, viajou ao Panamá para participar do 30º CantaPueblo – um encontro internacional de coros. 

“Após muito trabalho e com importantes apoios, conseguimos tornar esse sonho uma realidade. No Panamá, compartilhamos experiências com outros grupos participantes, realizamos diversas apresentações, conhecemos vários lugares e várias pessoas, incluindo o embaixador e a embaixatriz do Brasil no Panamá e sua equipe. E acima de tudo, cantamos muito”, comemora a diretora artística, destacando que foram dias intensos que energizaram os participantes e os fizeram acreditar cada vez mais no que fazem: arte, música, canto coral, celebrar a vida e a amizade.

A maestrina lembra ainda que, ao longo de mais de três décadas, o Coral UFMT tem sido responsável por proporcionar à sociedade mato-grossense inúmeros concertos e espetáculos temáticos, conjugando música e cena, como nos shows “Brasil, Música Armada”, “Os Festivais”, “Alguém Cantando”, “Coral UFMT Canta Chico” e “Coral UFMT Canta Beatles”. “Nesta noite festiva, em que comemoramos os 48 anos da UFMT, o Coral UFMT realiza seu concerto de encerramento da temporada de um ano de muito trabalho, de superação e de conquistas. Um ano bastante inspirador para toda a equipe”, atesta. 

O Coral da UFMT, que já esteve sob a regência de Peter Ens e Vilson Gavaldão de Oliveira e, atualmente, está sob a supervisão de Naise Santana, tendo como preparador vocal André Vilani. Desde agosto de 1989, está sob direção artística e regência da maestrina Dorit Kolling.

O concerto é uma realização da UFMT, por meio da Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Vivência, Agenda Tricentenária e Coral UFMT e conta com o apoio cultural da escola Toque de Mãe, Pueri Domus, Carmem D´Lamônica, Panam, Kasual, Colégio Master, Unimed, Ceteps, Fundação Júlio Campos, Help Vida e BPW Cuiabá.

Informações: (65) 3615-8703 e ou pela página do Coral no Facebook e Instagram.

.

FONTE: UFMT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE