PUBLICIDADE
K-POP CUIABANO

A força do k-pop em Cuiabá: gênero musical se consolida na cidade

No município, o k-pop se mostra presente em eventos nerds e destinados a cultura asiática, conquistando cada vez mais fãs

José Lucas Salvani

Jornalista

08/04/2018 17h00 | Atualizada em 08/04/2018 20h26 31 comentarios

A força do k-pop em Cuiabá: gênero musical se consolida na cidade

José Lucas Salvani / A.ngels

Fortemente presente no mercado de música sul-coreana desde a década de 90, o k-pop se tornou um fenômeno mundial. O gênero, antes encabeçado pelos hits dos grupos H.O.T e Seo Taiji and Boys, ganha novas portas nos últimos anos graças ao sucesso conquistado por nomes como BTS e EXO.

Aqui no Brasil, o k-pop ganhou força nos últimos anos, com shows e encontros com fãs sendo realizados quase que semestralmente nas capitais de São Paulo e Rio de Janeiro. Em Cuiabá, é comum encontrar segmentos destinados ao k-pop em eventos até mesmo nerds, em uma busca estratégica de chamar público. As ativações para o pop sul-coreano estão sempre recheadas de pessoas, desde aquelas mais curiosas graças a grande movimentação que gera, como também com aquelas que já são familiarizadas com o estilo.

“Virou uma tendência nacional ter k-pop em eventos de anime”, conta Tiago, conhecido entre a comunidade otaku e kpopper cuiabana como Kakashi Kazejin e um dos organizadores do Master Nerd, evento sobre a cultura geek e nerd que acontece anualmente no Colégio Master. O Circuito Mato Grosso conversou com ele e os grupos cover A.ngels e Je-il para entender um pouco sobre o k-pop na cidade.

“Comparado à época em que a gente começou, não havia muitos fãs [de k-pop na cidade]”, conta Ketyllen Espírito, membro do quarteto cover A.ngels, composto também pelas irmãs Beatriz e Alessandra Okimura e Stephanie Santos. O grupo reconhece a força que o gênero ganhou na cidade nos últimos anos.

O quarteto está em atividade desde 2015, participando destes eventos e gravando vídeos de dança cover, disponibilizando-os no YouTube. A rotina de ensaios, inclusive, é moldada de acordo com tais concursos e eventos.

Quem também participa de concursos e faz gravação vídeos é o Je-il. O Circuito conversou apenas com Juliane Silva, Vitória Antunes, Larissa Marques, Letícia Hikari, Gillian Jefferson e Agatha, mas há outros integrantes, totalizando 10 pessoas. Entretanto, desde a estreia do grupo, em 2015, houveram diversas formações.

O Circuito pôde acompanhar na manhã deste domingo (08) a gravação do cover de “Red Flavor”, do grupo Red Velvet. Apesar da diversão que rola entre uma tomada e outra, o grupo leva a sério o hobbie, repetindo quantas vezes forem possíveis para conseguir ter o melhor resultado. O vídeo em questão deve entrar no canal do YouTube delas nas próximas semanas.

A gravação do vídeo aconteceu no Parque das Águas

Além dos já famigerados eventos, a comunidade cuiabana de k-pop também promove encontros, geralmente a cada três meses. São piqueniques no Parque Mãe Bonifácia, com comida, música e dança. Larissa revela que antes do gênero crescer na cidade, os encontros aconteciam no Pantanal Shopping.

A influência do k-pop em suas vidas é nítida. Ketyllen conta que seu vestuário é todo influenciado pelo gênero. Já Beatriz aponta que após ter começado a dançar, perdeu sua timidez. O interesse pela cultura sul-coreana também cresceu, com motivações para aprender o idioma local e visitar a Coreia do Sul.

Stephanie é a veterana do k-pop entre as A.ngels, conhecendo desde 2009. A estudante de química conta que hoje não acompanha tanto os grupos como antes, mas revela que já acordou cedo para poder acompanhar atividades do grupo Infinite. Vitória já foi mais além, madrugando para acompanhar o lançamento de “Mr. Simple”, do grupo Super Junior.

Internet, influencia de amigos e familiares, e animes. Em conversa com os dois grupos, estes três pontos foram o consenso sobre como conheceram o k-pop. A estética dos videoclipes bem produzidos e suas coreografias são os elementos que contribuem para a afinidade com o gênero, além do variado leque de estilos musicais dentro do k-pop, como o hip-hop, trap e eletrônica.

Por outro lado, o que chamou a atenção de Gilliam quanto ao k-pop é a organização da indústria. Semanalmente, os grupos promovem suas canções em programas musicais, são realizados encontros com os fãs e turnês. A estética dos discos físicos também é outro ponto interessante do k-pop. Os encartes são sempre bem trabalhados; o uso do acrílico é quase raro.

Arquivo Pessoal

Vitória, há alguns anos, vendia CDs na cidade. Graças a um conhecido na Coreia do Sul, ela comprava em lotes e depois revendia. Kakashi Kazejin, por outro lado, começou a dar mais abertura para artigos de k-pop em sua loja. A ideia é investir cada vez mais.

Para acompanhar os trabalhos das meninas do grupo A.ngels, é possível segui-las no Facebook e Instagram, além de dar um conferida no canal delas no YouTube. Com o grupo Je-il o esquema é o mesmo: Facebook, Instagram e Youtube. A Loja Otaku Nekojin, do Tiago, está sempre presente em eventos nerds e otakus cuiabanos.

De Seo Taiji and Boys até BTS

Além de Seo Taiji and Boys e H.O.T, inúmeros grupos e artistas solo contribuíram para o crescimento do gênero. BoA e Shinhwa são alguns dos principais nomes mais antigos do k-pop a seguirem firmes na indústria com lançamentos e shows na Coreia do Sul. O grupo TVXQ, formado inicialmente por cinco integrantes em 2003, também soma uma importante contribuição ao gênero com diversos hits, entrando para o Guinness Book por possuir o maior número de fãs do mundo em 2008.

Em 2012, o k-pop ganhou uma enorme explosão mundial por conta do viral “Gangnam Style”, do cantor PSY, que ainda conta com a presença de HyunA, na época integrante do quinteto 4MINUTE. Devido ao humor e a marcante “dancinha”, o videoclipe da canção no YouTube já soma mais de 3 bilhões de visualizações.

Nos últimos dois anos, BTS passou a conquistar vários fãs e hoje realiza turnês mundiais, vendendo várias cópias de seus discos, recebendo ainda reconhecimento em algumas premiações norte-americanas. Entretanto, os meninos não foram os pioneiros nestes últimos anos; nomes como Super Junior, BIGBANG e Girls Generation já se provaram fortes no mundo, principalmente no mercado asiático.

.

31 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Aqui no Espaço Roda temos o curso de K-pop, de segunda-feira a quarta-feira ou somente na sexta-feira, para interessados, estamos localizados na Isaac povoas com a filinto muller o whats. Para contato é 65 981052982

  2. melhor e o BTS

  3. AMO KPOP AMO TODA ESSA CULTURA!!, É MUITO FODA!!,ESSES COREANOS E ESSAS COREANAS MARAVILHOSOS TANTOS TALENTOS É MUITO BOM KPOP É FODA DEMAIS ??

  4. A matéria está ótima, grupos maravilhosos com Je-il e A.ngels semrpe com os melhores covers que já vi. Kpop cresce cada dia mais em nosso estado graça a esses eventos e matérias feitas.

  5. Bem q podia ter isso em Goiânia, não é mesmo? Ps: Gente aceita q kpop é maravilhoso e vai dominar o mundo sim, um beijo e obrigada

  6. BTS é o melhor

  7. Kpop vai dominar o mundooo<3 Eu amooo kpop❤

  8. GENTE K-POP É VIDA AINDA MAIS BTS❤

  9. Que m*rda kkk

  10. Boy eu amoooo k-pop e tô mt feliz em saber q o Brasil cada vez mais tá se apaixonando pelo melhor ritmo de todos

  11. agradeço a Deus por ter colocado o K-Pop na minha vida mudei muito depois dele e hoje ele cresce mais e mais

  12. Eu amo kpop

  13. Super amei a matéria, só acho que faltou falar do EXO, que atualmente é o maior grupo de kpop ativo.

  14. Aí meu deuzuuu o K-pop vai dominar o mundo❤❤❤❤❤❤❤

  15. MDS!!!! Sou de CBÁ e estou muiiito feliz ahh❤❤

  16. Ahhhhhhhhhhh ??????✌ Essa notícia me abalou ? Kpop vai dominar o mundo. ?BTS?

  17. Amei a matéria, gostaria de receber mais obrigada pelo carinho bjs. Moro em são Paulo no município de maua no grande Abc

  18. O K-POP VAI DOMINAR O MUNDO❤

  19. EU ADOREI❤❤❤❤❤

  20. Meu deus eu adorei ah matéria só muito fã de KPOP e esereto que se espalhe cada vez mais<3

  21. A matéria ficou maravilhosa! Como kpoppers, agradecemos o espaço para falar sobre o kpop. Falaram de grupos tanto novos quanto antigos. Ficou mt boa mesmo o///

  22. Mds,eu sou de cuiaba e estou muito orgulhosa

  23. VIEWS EM PENTAGON

  24. impactada

  25. Que matéria linda *0* Não sou do MT mas tô muito orgulhosa!

  26. AMEI A MATÉRIA!!!!! PARABÉNS! !!

  27. NAISU!!~ xD E que o K-Pop continue a trazer muitas e muitas coisas boas por aqui. :')

  28. Gente que matéria linda, eu estou chorando de emoção #RealOficial... MUITO OBRIGADA POR DAR VOZ AO KPOP EM NOSSA CIDADE, PARABÉNS as fadas de ambos os grupos que eu amo de coração! ♡♡♡♡♡

  29. Aeee! Muito boa a matéria! Parabéns!

  30. Ótima matéria! Obrigada pelo interesse!!!

  31. AH a matéria ficou Ótima <3 espero que o kpop ainda cresça e muito aqui obrigada e views em vixx

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE