PUBLICIDADE
ANAMARIA BIANCHINI

Qual a origem do Halloween? Conheça detalhes importantes:

27/10/2021 11h07 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Não, não foi nos Estados Unidos! O Halloween surgiu na Irlanda a partir de um festival celta chamado Samhain. Esse festival comemorava o fim do verão, o começo do novo celta e as colheitas.



Como o Samhain era uma comemoração pagã e muito popular não só na Irlanda, como também no Reino Unido, o pessoal da Igreja Católica começou a ficar de olho nele. Tanto que no século 8, o Papa Gregório III (ou IV, não se sabe ao certo quem foi) mudou a data do Dia de Todos os Santos (dia 13 de maio, em que era comemorado o festival romano dos mortos) para o dia 1º de novembro, a data do Samhain.

Assim, as tradições pagãs do Samhain e as tradições católicas do festival romano dos mortos se misturaram.

Ok, sabemos agora que o Samhain e o Dia de Todos os Santos eram comemorados no dia 1º de novembro. Mas como surgiu o nome Halloween e porque ele é comemorado no dia 31 de outubro?



Bom, tanto pagãos, quanto cristãos, acreditavam que na noite do dia 31 rolava uma conexão/encontro entre o mundo espiritual e material. A maioria das pessoas acreditava que esses espíritos iriam fazer algo ruim com elas e com as colheitas. Então, eles começaram a fazer alguns rituais nesse dia.

Entre esses rituais estavam fazer fogueiras, pois elas serviriam de símbolo do rumo a ser seguido pelas almas dos mortos, as velas também tinham essa função. Os celtas jogavam moedas dentro de caldeirões, fazendo pedidos aos mortos.

O “Trick or Treat” também surgiu entre esses rituais. As pessoas batiam de porta em porta em busca de um pedaço de “bolo de alma” (um bolo recheado com groselha). Em troca do bolo, as pessoas rezavam para os espíritos da família de quem doava. Com o passar do tempo esse ritual foi substituído por crianças fantasiadas pedindo doces nas portas das casas.

Outra tradição comum para afastar os mortos era esculpir rostos em nabos, assim como é feito nas abóboras hoje em dia, com velas dentro. Antigamente os nabos eram usados pois eram mais abundantes na Irlanda, mas com a chegada nos Estados Unidos as pessoas começaram a utilizar as abóboras.

Além dos rituais para afastar os mortos, a comemoração no dia 31 também tinha alguns costumes de prever o futuro. Por exemplo, uma pessoa puxava uma couve ou um repolho do solo e dependendo do sabor e do formato do vegetal, eles poderiam fornecer pistas sobre a profissão e personalidade do futuro cônjuge da pessoa.

Já o nome Halloween surgiu da junção da palavra “Hallow”, que é um termo antigo para santo, e “eve”, que significa véspera. E assim a noite anterior ao Dia de Todos os Santos virou o Halloween.

... em tempo: não é só brincadeira, há que se cuidar com os detalhes dessa origem.



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE