PUBLICIDADE
ANAMARIA BIANCHINI

Regina Kaiser faz niver , e eu conto, uma história de amor:

26/10/2021 10h04 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00 1 comentario

Eu, adolescente, no pátio da escola, - ela a mulher mais linda, mais chique, do sorriso mais encantador que eu já tinha visto na vida.



Colégio Notre Dame de Lourdes, anos 80. Eu a via levando e buscando as suas filhas - as duas menininhas mais lindas que eu já tinha visto, na vida, também; : Adriana e Juliana.

Ensaiei a mais velha - Adriana - para alguma festinha da Escola - lá, era assim, as meninas mais velhas que faziam balé ensaiavam as mais novas. E daí em diante fiquei amiga dessa moça mais linda que já tinha visto na vida.

A história continuou por muitos anos, ela carioca mega vanguarda - publicitária - tinha uma academia, uma agência de publicidade e de modelos - e trazia professores, estilistas, coreógrafos - e eu, além de fazer todos os seus cursos, virei modelete da agência dela - super contra a vontade do meu pai, mas habilitada pela minha mãe que a conheceu, a amou, e me deixou participar dos desfiles.



O bem reconhece o bem, e eu, ali, menina de tudo na vida, tive ela, Regina Kaiser, uma das minhas 1as amigas - adultas, quando eu ainda não era.

Ela, sempre confiou em mim, me dava coreografias difíceis, mas sabia que eu faria o meu melhor, por mim e principalmente, por ela.

Vivemos outros momentos lindos e sempre com muito carinho e cumplicidade, enquanto ela ,publicitária. Mas, essa parte, conto no ano que vem, quem sabe, hehehe ...

Essa história de amor já tem mais de 40 anos, e eu tenho um orgulho gigante de preservá-la e de contá-la aqui em público, porque a vida é isso, é amor ... e o que se leva dessa vida é a vida que se leva: só a verdade!

VIIIVAAAAA RÊ ! Feliz aniversário! Tudo de melhor para a minha amiga de uma vida, , a moça do sorriso mais encantador que já vi, até hoje, na vida!

Uhuuuuu, looov u !!!



1 COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Ana Maria Bianchini a minha Aninha... uma doce menina encantadora, olhinhos atentos procurando não deixar nada despercebido. Quarenta anos de amizade, uma profunda admiração por esta mulher que superou muitos obstáculos e continua com aquele lindo sorriso falando o que pensa sem se importar se isto é politicamente correto. Enfrenta os desafios de cabeça erguida tendo a plena convicção de que o que importa é a verdade.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE