PUBLICIDADE
ANAMARIA BIANCHINI

Abba. The History! Let´s go!

04/01/2019 08h32 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Abba. The History! Let´s go!

Divulgação

A Salute To Abba", é uma banda formada em 2013, com o objetivo de comemorar em 2014 o aniversário de 40 anos do grupo ABBA, e de sua vitória com a canção WATERLOO, no Festival Eurovision da Canção em 06 de Abril de 1974 tornando--se assim, a melhor homenagem ao ABBA de todos os tempos. Com um cuidado extremo em todos os detalhes, "ABBA The History - A Salute To ABBA" juntam-se a sensacional musicalidade, harmonia vocal, figurinos e coreografia do ABBA com uma atuação eletrizante, oferecendo um espetáculo dinâmico e cheio de surpresas para todas as idades.

Apresentam com fidelidade o que foi o brilho e a magia do grupo ABBA no palco, divertindo e emocionando o público que participa como verdadeiro protagonista do show.

Falar de ABBA é falar de sucesso, hits que colaram nos ouvidos do planeta pop, trazendo à tona memórias e emoções das mais diversas gerações - da dupla Britânica Erasure, que deu uma nova roupagem às canções do ABBA no final dos anos 80; Madonna, que presenteou os fãs, usando a introdução do clássico "Gimme Gimme Gimme (A Man After Midnight) em Hung Up no ano de 2005, fabricando outro mega sucesso, a Gucci Mane, que tomou trecho da mesma canção emprestada em 2013, como pano de fundo para regravar Bob Marley.

 Esses e outros clássicos do ABBA serviram de inspiração para o grupo de músicos paulistas comporem o espetáculo "ABBA The History - A Salute To ABBA", que já passou por mais de 200 cidades no Brasil e América Latina. Ovacionado por onde passa, o show - que conta através de canções marcantes a história da trajetória do ABBA nos palcos - é um "Olá Musical ao ABBA" dos cantores Najah Falcon (Agnetha), Diego Sena (Björn), Jheff Saints (Benny Anderson) e Paty Andrade (Anni Frid), cujas iniciais formam o mundialmente aclamado nome: "ABBA".

Os brasileiros têm conquistado públicos pelo modo peculiar com que revivem os sucessos do ABBA, desde as nostálgicas às clássicas, como Dancing Queen, que fazem de cada um da plateia o Rei e Rainha das pistas.

... já vi o show e vou ver de novo porque é realmente, imperdível. Vamos?

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE