PUBLICIDADE
DICAS

Meu gato filhote não quer comer: e agora?

A falta de apetite em gatos é algo comum? Sim, mas não é normal. Se o seu gato filhote não quer comer, é bom ligar o sinal de alerta para possíveis problemas de saúde.

Da Redação

Equipe

26/01/2022 09h24 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Meu gato filhote não quer comer: e agora?

Divulgação

“Doutor, meu gato filhote não quer comer, o que eu devo fazer para abrir o apetite dele?” Muitos médicos veterinários já ouviram perguntas como essa de quem acabou de adotar um filhotinho e não sabe o que fazer quando ele não quer comer.



A falta de apetite em gatos é algo comum? Sim, mas não é normal. Se o seu gato filhote não quer comer, é bom ligar o sinal de alerta para possíveis problemas de saúde. Nesta matéria, conversamos com a Marina Rodrigues, médica veterinária da Petlove, para te explicar tudo o que você precisa fazer para ajudar um gato filhote sem apetite.

Quais as possíveis causas para a falta de apetite em filhote de gato?

Segundo a médica veterinária da Petlove, existem três fatores que podem provocar a falta de apetite em gato filhote:



  1. Mudança abrupta na alimentação
    “Os gatos filhotes costumam ser desmamados a partir dos 50 a 60 dias, e isso significa que a transição entre o leite materno e a alimentação seca deve ser realizada de maneira gradual para que ele e o sistema digestivo se acostumem com o novo alimento. Sem essa transição, o gatinho perde o interesse na comida e ainda pode apresentar alterações intestinais como vômito e diarreia”, explicou.
  2. Alterações ambientais e de rotina
    “No geral, os gatos são muito sensíveis a alterações no ambiente em que estão acostumados a viver e a mudanças na sua rotina, e uma maneira de reagirem a essas mudanças é deixando de se alimentar. Eles precisam de um ambiente tranquilo para comer, as tigelas de água e comida devem estar mais distantes da caixinha de areia também”, disse.
  3. Problemas sistêmicos
    “Sabemos que é muito importante cuidar da saúde dos filhotes, pois é nesta fase que eles estão mais suscetíveis a doenças devido à sua imunidade ainda deficiente. Gatinhos que se recusam a se alimentar podem estar com alterações em sua fisiologia como, por exemplo, vermes, infecções virais, ectoparasitas, infecções bacterianas ou até mesmo alguma alteração metabólica ou congênita”, pontuou. Quais os riscos de deixar um filhote sem comer?

Basicamente, conforme explica Marina Rodrigues, deixar um filhote de gato sem comer pode provocar sérios problemas de saúde ao pet logo no início da vida. Isso porque os filhotes têm menos reservas de gordura e fluidos. Logo, a falta dessas reservas podem gerar quadros de hipoglicemia, que envolve sinais como:

  • Fraqueza
  • Apatia
  • Hipotermia
  • Convulsões
  • Morte (em casos mais graves)

Mas, além disso, deixar um gatinho sem comer pode afetar o desenvolvimento dele: “ficar sem se alimentar por muito tempo faz com que eles não se desenvolvam corretamente visto que um gato filhote necessita de aproximadamente três vezes mais energia que um gato adulto, e essa energia é proveniente de uma alimentação específica para eles”, destacou.

O que fazer quando um filhote de gato não quer comer?

A princípio, se o seu gato filhote não quer comer ração, a única dica que podemos te dar é: leve-o para uma consulta com o seu médico veterinário de confiança o mais rápido possível. Isso pois a falta de apetite é um sintoma de inúmeros problemas de saúde. Logo, o profissional pode fazer o diagnóstico e prescrever o tratamento o mais rápido possível, caso necessário.

Por fim, agora que você já sabe o que fazer com o seu gato filhote que não quer comer, visite o blog da Petlove para mais dicas e informações sobre saúde felina!

FONTE: Petlove



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE