PUBLICIDADE
DICAS

Hiperfagia: tem um cachorro com muita fome?

“A hiperfagia é um distúrbio no qual o cão apresenta fome excessiva, e mesmo que ele se alimente com a quantidade correta para seu peso, fase de vida e nível de atividade física,

Da Redação

Equipe

30/11/2021 10h35 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Hiperfagia: tem um cachorro com muita fome?

Divulgação

Quem tem um cachorro com muita fome em casa, responda nos comentários: “EU!” Tenho certeza que teremos milhares de comentários nesta matéria!



Brincadeiras à parte, é comum que os cães tenham uma paixão por comida, alguns até mesmo parecem um “saco sem fundo” – comem, comem, comem e parecem nunca estar satisfeitos.

A verdade é que, por mais que seja “comum”, não significa que esse é um hábito saudável, muito menos que devemos oferecer toda a comida que eles querem. Existe um problema recorrente, mas pouco conhecido entre os tutores, chamado hiperfagia, que afeta uma boa parte da população canina.

Se você tem um cachorro com muita fome em casa e não sabe o que fazer para saciá-lo, continue por aqui e vamos te explicar tudo o que você precisa saber sobre o tema.



O que é hiperfagia em cães?

“A hiperfagia é um distúrbio no qual o cão apresenta fome excessiva, e mesmo que ele se alimente com a quantidade correta para seu peso, fase de vida e nível de atividade física, ainda assim não se sente satisfeito, podendo também atrapalhar as suas atividades rotineiras”, disse Marina Rodrigues, médica veterinária da Petlove.

Basicamente, a polifagia, como também é chamada a doença, é quando a ingestão de comida ultrapassa a quantidade necessária de alimento que o cachorro precisa para viver saudavelmente, o que pode provocar ocasionar em outros problemas de saúde, como a obesidade.

O que causa a hiperfagia em cães?

Um cachorro guloso pode parecer normal, mas se ele está sempre insatisfeito e come tudo muito rápido (como se não houvesse amanhã), existe a chance de ele estar sofrendo com hiperfagia.

A causa deste problema pode ser comportamental, mas geralmente é associada a doenças endócrinas, como a diabetes. “Quando a polifagia é secundária a diabetes, temos a ausência relativa ou absoluta da insulina circulante e é ela quem faz com que a glicose penetre nas células do centro da saciedade, que está localizado no cérebro e sinalize que o cão está satisfeito, com a sua ausência, esse processo não ocorre, assim, o cão continua com o apetite prolongado”, explicou.

Agora, caso a polifagia seja motivada por problemas comportamentais, significa que o pet pode estar ansioso, estressado ou até mesmo carente de atenção. “Nesses casos, também pode ocorrer devido aos maus hábitos que o tutor pode provocar, como por exemplo, não manter uma rotina alimentar e até mesmo não fornecer uma alimentação balanceada nutricionalmente,a quantidade correta e com a frequência ideal, gerando euforia e ansiedade no ato de se alimentar”, pontuou a médica veterinária.

cachorro comendo racão

Como saber se o meu cachorro tem hiperfagia?

Segundo a médica veterinária da Petlove, independentemente da causa da hiperfagia em cachorro, a única forma de saber se o seu pet está com o problema é procurando a ajuda de um médico-veterinário de confiança. Apesar de parecer um problema “óbvio”, apenas um profissional pode realizar o diagnóstico correto e, a partir disso, iniciar o tratamento necessário.

Caso o problema esteja relacionado ao estresse ou ansiedade, o médico-veterinário pode indicar um tratamento com um profissional comportamentalista.

Para mais dicas e informações sobre saúde canina, visite o blog da Petlove!

FONTE: Petlove



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE