PUBLICIDADE
DICAS

Cuiabá: Projeto de Lei pede que microchips sejam implatandos nos pets

No texto do Projeto de Lei, o Vereador pede que a implementação do chip seja feita no Hospital Público Veterinário da cidade, que ainda deve ser construído neste ano, na rodovia Palmiro Paes de Barros

23/08/2021 10h19 | Atualizada em 23/08/2021 10h22

Cuiabá: Projeto de Lei pede que microchips sejam implatandos nos pets

Divulgação

No intuito de tentar diminuir o número de cães abandonados e casos de maus-tratos, o Vereador Sargento Vidal protocolou um Projeto de Lei na Câmara Municipal de Cuiabá, no Mato Grosso, para determinar a instalação de microchips em pets que moram na cidade para proteção e identificação.



No texto do Projeto de Lei, o Vereador pede que a implementação do chip seja feita no Hospital Público Veterinário da cidade, que ainda deve ser construído neste ano, na rodovia Palmiro Paes de Barros.

Qual a relevância? Como a gente já explicou aqui no blog da Petlove, o microchip para cães e gatos serve para guardar as principais informações do pet, como nome, espécie, sexo, cor, idade, raça e os dados do tutor.

Diferentemente do que muita gente pensa, o chip, que é do tamanho de um grão de arroz, não funciona como um rastreador.



Por exemplo: se o seu cachorro ou gato se perder, a pessoa que encontrá-lo pode levá-lo para um local que tenha um leitor de microchip, como uma clínica veterinária ou até mesmo a Prefeitura, para pegar todas as suas informações e, assim, poder entrar em contato com você.

Casos de abandono

Segundo dados da Diretoria de Bem-estar Animal, Cuiabá tem mais de 14 mil animais em situação de rua. Isso significa que 10% da população pet da cidade está abandonada!

Dessa forma, apesar de não servir como um GPS, o microchip pode identificar a pessoa que praticar o ato de abandono, além da chance de evitar que cachorros e gatos que têm família sejam desabrigados.

Leia também: Chip para cachorro e gato: tudo o que você precisa saber

Agora que o pedido já foi protocolado, resta a aprovação do Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, para que o projeto seja implantado na cidade.

FONTE: Petlove



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE