PUBLICIDADE
ALERTA

Estudo alerta riscos pela inclusão de carne crua na dieta dos cães

De acordo com o especialista, não existem estudos que defendam a ingestão de carne crua por cães

06/09/2019 09h30 | Atualizada em 06/09/2019 09h36

Estudo alerta riscos pela inclusão de carne crua na dieta dos cães

Reprodução-Internet

Por ser um alimento natural, muitos tutores pensam que a inclusão da proteína crua pode ser utilizada sem preocupação na dieta dos pets, contudo, de acordo com o estudo realizado pela Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a ação pode causar sérios problemas para aos animais e para quem convive com eles.



A pesquisa divulgada pelo site da instituição, mostra que cães que se alimentam de carne crua liberam até 28 vezes mais bactérias em suas fezes, incluindo a Salmonella, a Escherichia coli e a Clostridium difficile, que também podem chegar ao organismo humano por meio do contato físico com os animais e todas possuem potencial para provocar infecçõe. Segundo os pesquisadores, os cachorros também podem adoecer por conta da presença desses micro-organismos presentes na carne crua.

Em uma das etapas da pesquisa, foi analisado o perfil de 400 tutores de cães residentes em Belo Horizonte e na região metropolitana da capital mineira. Os resultados revelam que 70% dessas pessoas dão carne crua aos cachorros por acreditar que isso propicia uma alimentação mais natural. Os dados mostram, ainda, que esses tutores não acreditam que a carne crua tem potencial para causar danos à saúde dos cachorros, tampouco deles.

Um dos autores da pesquisa, o professor da Escola de Veterinária da UFMG, Rodrigo Silva, explica o comportamento dos tutores e esclarece se os cachorros necessitam ou não da carne crua: "As pessoas acham que os cães são carnívoros, mas isso não é verdade porque, desde que foram domesticados, há mais de 10 mil anos, seus organismos sofreram alterações. Eles ainda precisam ingerir proteínas, mas isso não precisa vir da carne crua, pois ela traz riscos", diz em entrevista ao site da instituição.



 Ainda de acordo com o especialista, não existem estudos que defendam a ingestão de carne crua por cães. Além disso, o pesquisador ressalta que a Associação Mundial de Veterinários de Pequenos Animais e o Centro de Controle de Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos já alertaram para os problemas de oferecer esse tipo de alimento aos cachorros.

.

FONTE: Cães e Gatos



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE