PUBLICIDADE
EVENTO INTERNACIONAL

Pet South America e Pet Vet reúnem mais de 350 marcas; cães de MT são premiados

A planta do evento cresceu 40% se comparada a 2018, e foram mais de 30 mil metros quadrados de espaço ocupados por mais de 350 marcas

Sandra Carvalho

Editora

31/08/2019 08h36 | Atualizada em 01/09/2019 10h25

Pet South America e Pet Vet reúnem mais de 350 marcas; cães de MT são premiados

Divulgação

A Pet South America e a Pet Vet, realizadas de 21 a 23 de agosto em São Paulo, atrairam 27 mil pessoas e reuniram mais de 350 marcas. Diego Carvalho, diretor de Portfólio da NürnbergMesse Brasil, responsável pela realização dos dois eventos, comemora o sucesso das mais importantes feiras de negócios dos setores pet e veterinário da América Latina.



“Conseguimos bater todas as metas. No segundo dia de evento o público do ano passado já havia sido ultrapassado”, pontua Diego Carvalho, destacando  também resultado da variedade de inovações apresentadas por todos os expositores.

A planta cresceu 40% se comparada a 2018, e foram mais de 30 mil metros quadrados de espaço ocupados por mais de 350 marcas nos dois eventos. “A gente está muito feliz em poder trazer conteúdo e inovação para o nosso público visitante por meio das nossas iniciativas como o Pet Desenvolve, que abordou a parte de tendência, marketing e empreendedorismo e o Pet Comportamento que foi um conteúdo dedicado ao comportamento animal”.

Diego Carvalho, diretor de Portfólio da NürnbergMesse Brasil, organizadora do evento

O evento reservou um pavilhão exclusivo para médicos-veterinários e zootecnistas, o Pet Vet. Lá, se encontram todas as tecnologias e soluções voltadas para clínicas, hospitais e laboratórios de medicina veterinária. Já o outro pavilhão foi dedicado aos groomers, distribuidores, grandes varejistas e profissionais de pet shops, que puderam encontrar os lançamentos voltados à nutrição de varejo, higiene e beleza, aquarismo, acessórios e serviços.



A Pet Vet também realizou o Congresso Veterinário Internacional que contabilizou mais de 72 horas de conteúdo, 90 palestrantes de representantes diversos países como Estados Unidos, Peru, Colômbia, Austrália e reuniu mais de 1.200 participantes.

Foi no Congresso também que aconteceu, pela primeira vez, o Pet Cloud Innovation Challenge. Com 50 inscritos, o desafio era reconhecer projetos inovadores dentro do setor veterinário. O vencedor foi a Pineal 5D, empresa que desenvolve implantes para animais com impressão em 3D.

Mercado em ascensão

A ascensão do mercado pet e veterinário vive tem levado a indústria a investir cada vez mais em inovações. “E ao mesmo tempo a cadeia de valor está entendendo que atrás de um bicho fofo e humanizado existe uma série de negócios que tem que ser feitos de forma adequada. Eu acho que o profissional está tendo uma onda de desenvolvimento, existe hoje uma série de atributos que fortalece esse mercado e ele tem que ser trabalhado de forma correta”, contextualiza Diego Carvalho.

O diretor de Portfólio da NürnbergMesse Brasil chama a atenção para o fato do Brasil ser o terceiro maior país em arrecadação para esse mercado. “Em 2018 foram 23 bilhões e para 2019 vai haver crescimento de um dígito, maior que o PIB, e pode até bater os 30 bilhões. Somos o terceiro em número de pets, são mais de 150 milhões, onde o cachorro e o gato dominam e 45% dos domicílios possuem um cachorro e um gato”.

Segundo a Junta Comercial de São Paulo, observa Diego Carvalho, hoje há mais pet shops do que padarias. “Então isso vem agregando valor e faz com que anova sociedade que nós estamos, com o novo comportamento de consumo, as pessoas tendem a ter mais pet do que filhos”, ressalta. Segundo o IBGE há mais gatos que são 24 milhões contra 23 milhões de crianças de zero à nove anos, então tudo isso fortalece o mercado pet.

“Agora estamos focando na feira de 2020 para trazer uma feira ainda maior e cheia de novidades. Agradece todo público que esteve presente”.

Master Groom

O groomer Deividson Pedro e a sua Glorinha levaram a 3ª colocação

Deividson Pedro, groomer de Cuiabá (MT), competiu no Master Groom, maior campeonato de categorias simultâneas do mundo, organizado por William Galhardi, Luiz Renato e Felipe Correa. Ele conquistou a 3ª colocação com ‘Glorinha’, da raça maltês na categoria Asian Style. É a segunda vez que Deividson participa desta competição. Em 2018 ele subiu no pódium como 2º colocado.

A groomer Thais Lacerda, também de Cuiabá, proprietária de um salão para pets na capital mato-grossense, competiu na categoria asiática pelagem fluffy que contou com 30 competidores e conquistou a 3ª colocação.

Thais Lacerda foi a 3ª colocada na categoria asiática pelagem fluffy

Já na categoria sptiz pomerânea tosa comercial, que tinha 63 competidores, ela ficou em 4º lugar. Na categoria poodle class, com 70 animais, Thais Lacerda não obteve colocação.

“A feira é muito importante porque a gente se encontra com amigos de vários lugares do mundo que conhece pelas redes sociais, é um excelente ambiente para negócios, tem também o congresso para veterinários, nos estantes sempre encontramos groomer fazer trabalhos diferentes, um grande evento”, observa Thais Lacerda.

Ploc e Porcelana

Porcelana e Ploc foram convidados para a Pet South America 

A advogada Priscila Russo levou seus filhos Ploc e Porcelana, de Cuiabá, à Pet South America a convite da organização do evento. Ploc faz sucesso no Instagram e é considerado digital influencer.  “Ploc foi convidado pela Pet South América e ficamos encantados! O evento é enorme, lindo, organizado e divertido. Tive a oportunidade de conhecer produtos diferentes além de trocar ideias e informações importantes com os cuidados pets.  Para quem não teve a oportunidade de conhecer ou participar da feira, não deixem de ir na próxima. Irão amar!”, define Priscila.

.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE