PUBLICIDADE
COLUNA DO PLOC

Ploc e Popô visitam amiga com fibrose cística em São Paulo

A Dani vende camisetas que são enviadas para todo o Brasil no valor de R$ 25,00 mais frete para custear suas despesas em São Paulo.

09/03/2019 07h36 | Atualizada em 09/03/2019 08h48

Ploc e Popô visitam amiga com fibrose cística em São Paulo

Divulgação

Olá pessoAU! O dia que estava em São Paulo, na semana passada, fui visitar a querida seguidora Danielle Braz Vaz de Mello que tem uma doença chamada fibrose cística.

A Fibrose Cística é uma doença genética, crônica e progressiva que afeta múltiplos órgãos, como pulmões, pâncreas, rins, fígado, aparelho digestivo, intestino e seios da face. “A doença é autossômica recessiva, ou seja, ocorre quando a pessoa herda os genes CFTR defeituosos tanto do pai como da mãe”.

Dani é mineira de Barbacena (MG) e foi diagnosticada aos três meses de vida com fibrose cística após uma pneumonia e, desde então, faz tratamento. Até seus 17 anos, vivia como qualquer outra pessoa saudável, até que precisou passar pela primeira internação. A doença se agravou, fazendo com que se mudasse de Minas Gerais para São Paulo em busca de um transplante pulmonar e uma das exigências para entrar na fila de transplante era ter que morar perto do hospital.

Danielle tem uma conta no Instagram - @minadefibra – que usa para incentivar a doação de órgãos.

Ela é uma das pacientes com Fibrose Cística que aguarda na fila do InCor (HCFMUSP) por um transplante de pulmões. Quando chegou em São Paulo no dia 1º de março de 2018 ela estava na 35ª posição e no dia que a visitamos ela já estava na 20ª posição. A perspectiva do transplante faz com que Danielle se sinta mais confiante. Os critérios de compatibilidade são específicos: o doador deve ter o mesmo tipo sanguíneo, a mesma altura e tamanho semelhante da caixa torácica. 

Danielle tem uma conta no Instagram - @minadefibra – que usa para incentivar a doação de órgãos mostrando que um doador pode salvar até oito vidas.

E olha que bacana! Ela divide um pouco da história de superação com mais de 4 mil seguidores onde mostra o seu dia a dia, interage com os seguidores e tira dúvidas de pais e pacientes. 

“A comunicação me dá bastante força e me ajuda a distrair enquanto passo os dias fazendo meu tratamento, que vai de cinco a seis inalações por dia, comprimidos de vitamina, enzima pancreática, azitromicina e antidepressivo. Além da fisioterapia, que é muito importante. Uso oxigênio diuturnamente e BiPAP para dormir e quando me sinto mais cansada”, me informou Danielle. 

Dani me contou ainda que conta com a ajuda emocional da sua cãoterapeuta Nina, sua cachorrinha que não desgruda dela um minuto.

PessoAU, olha só!

A Dani vende camisetas que são enviadas para todo o Brasil no valor de R$ 25,00 mais frete para custear suas despesas em São Paulo. Quem quiser comprar e ajudar pode entrar em contato pelo instagram via direct ou pelo whatsapp (11)95076-9324.

Veja seus dados bancários:

Banco do Brasil 
Agência 0062-0
Conta corrente 76080-3
Danielle Braz Vaz de Mello 
CPF: 012.484.886-95

Quem puder ajudar a Dani pode adquirir estas lindas camisetas por apenas R$ 25,00.

Gostaram dessa minha super visita? O apoio emocional nessas horas é de extrema importância.

Lambeijokas do Ploc!

Contatos
Instagram: @minadefibra
Telefone: (11)95076-9324
 

Siga o Ploc no Instagram!

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE