PUBLICIDADE
COLUNA DO PLOC

Ploc 'conversa' com especialista sobre mancha de lágrima

Drª Cassiana Aquino explica que a lágrima produzida no olho do seu animalzinho é absorvida pelo ducto lacrimal.

02/02/2019 08h00 | Atualizada em 02/02/2019 08h26

Ploc 'conversa' com especialista sobre mancha de lágrima

Divulgação

Olá CÃObada! Hoje vou falar sobre a mancha de lágrima também conhecida como lágrima ácida e para mostrar que isto vai muito além do que um simples fator estético.

Eu nunca tive a mancha de lágrima, mas a minha irmã, Porcelana, teve e fez um tratamento. Como muita gente me pergunta como a Mamis fez para acabar com essa mancha bem abaixo dos olhos da Popô, que até parecia que ela passava delineador, achei legal abordar esse tema aqui na minha coluna, afinal foi uma experiência que de fato eu acompanhei.

Mas, para não escrever bobagem aos meus queridos leitores, eu fui até o consultório da Veterinária Drª Cassina de Aquino, que tratou a Porcelana, para conversar e nos explicar sobre o tratamento da mancha de lágrima.

Drª Cassiana Aquino proprietária do Pet Du Bosque em Cuiabá.

Drª Cassiana explica que “a lágrima produzida no olho do seu animalzinho é absorvida pelo ducto lacrimal. Caso essa lágrima estiver sendo produzida em excesso, o ducto não consegue absorver e então ela derrama sobre o pêlo e ocorre a ação de bactérias e fungos trocando a cor da pelagem e permanecendo uma cor amarronzada. A lágrima em contato com a pele do animal ou se o animal estiver com o olho infeccionado, provoca essa mancha

Drª Cassiana comenta ainda que “a mancha de lágrima pode ocorrer em qualquer animal independente de raça, idade ou sexo. Mas algumas raças têm pré-disposição como Poodle, Maltês, Shitzu, Lhasa Apso e Bulldog Inglês. Vários fatores contribuem para o aparecimento da mancha de lágrima, sendo os mais frequentes os cílios virados, excesso de pêlos, entupimento do canal lacrimal, conjuntivite e até mesmo alimentação que tenham corantes artificiais.”

Porcelana antes e após o tratamento da mancha de lágrima.

Sobre o tratamento de mancha de lágrima realizado na Porcelana, Drª Cassiana explica “que a Porcelana teve uma otite fúngica bacteriana e precisou tomar antibióticos, usar colírio e medicação tópica no ouvido. Foi recomendado que fizesse a higienização tópica da região e que a deixasse sempre seca. O tratamento durou cerca de 3 meses.

Quando o seu animal apresenta mancha de lágrima significa que existe alguma coisa errada e precisa ser investigado. O animal deverá ser avaliado pelo seu médico veterinário de confiança, que irá determinar qual será o tratamento mais eficaz e o tempo de duração.

A mancha de lágrima pode ser recorrente principalmente em animais que possuem a pré-disposição. E as causas são variadas sendo que o animal pode apresentar a mancha novamente por outra razão. Por isso deve-se sempre procurar um profissional médico veterinário de sua confiança.

Lambeijokas do Ploc e até semana que vem!

Drª Cassiana Aquino

Médica Veterinária CRMV/MT 1844

Formada pela UFMT

Proprietária do Pet Du Bosque

Siga o Ploc no Instagram!

 

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE