PUBLICIDADE
REIVINDICANDO DIREITOS

Alunos da Unic e Unirondon fecham avenida em manifestação

Estudantes reivindicam a volta de aulas 100% presenciais e qualidade de ensino na rede particular

Noelisa Andreola

Estagiária

03/09/2015 10h06 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Estudantes da Universidade de Cuiabá (Unic) e do Centro Universitário Cândido Rondon (Unirondon) realizaram mais uma manifestação contra a qualidade de ensino ofertado nas unidades, na noite desta quarta-feira (02). O protesto foi na frente das faculdades localizadas na Avenida Beira Rio e na Barão de Melgaço, na capital. A rua no sentido centro foi fechada por alunos.

Na ocasião, sem repostas da reitoria, os alunos entraram na Unic Beira Rio, e deram continuação aos protestos dentro da unidade. No momento que isso aconteceu ocorria um evento de boas vindas aos alunos, aonde segundo ordens foi pedido para aumentar o volume do show para abafar os estudantes.

Durante a manifestação vários alunos se uniram para incentivar os outros a entrarem na causa. “Pessoal vamos continuar brigando pelos nossos direitos, não podemos nos manifestar hoje e chegar amanhã e esquecer o que a Kroton vem fazendo conosco. Esse aqui é o primeiro passo, é o levantar dos alunos de todos os cursos da Unic e Unirondon, enquanto eles não apresentarem propostas nós vamos continuar nos unidos, vamos continuar lutando por nossos direitos”, declara o estudante, Pedro Patocino, estudante do curso direito da Unirondon.

Na pauta apresentada pelos alunos, é reivindicado: O fim da unificação de turmas, a volta do trabalho de conclusão de curso presencial, valorização dos professores, fim do aumento das mensalidades, fim das matérias de ensino a distância, direito de escolher os diretos de seus cursos, melhorias na infraestrutura entre outros.

Para a estudante de jornalismo, Michelly Cândido, ir para as ruas é o único jeito que foi encontrado para os alunos serem ouvidos. ‘’ Infelizmente, conversar, fazer documento e enviar para a reitoria como combinado na última reunião não tem surtido efeito.  Então a escolha foi ir para as ruas, gerar pressão no Grupo Kroton.  Se não houver acordo continuaremos protestando e fazendo propagandas negativas da faculdade, quem sabe assim seremos ouvidos’’, exclama.

O protesto ainda contou com o apoio da União Estadual dos Estudantes (UEE) e discentes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Confira video da manifestação:

Alunos da Unic e Unirondon ameaçam fazer mais uma paralisação nesta quarta

 

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE