PUBLICIDADE
OBRAS PARADAS

Secretário de cidades decide rumo de obra no aeroporto ainda hoje

Chiletto está reunido com sua equipe para decidir sobre quebra ou repactuação de contrato com consórcio Marechal rondon

Ulisses Lalio

Repórter

25/08/2015 09h50 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Nesta terça-feira (25) o secretário de cidades Eduardo Chiletto deverá decidir sobre os rumos da obra no aeroporto Internacional Marechal Rondon. O consórcio Marechal Rondon responsável pelas obras tinha, até ontem (24), para entregar garantias contratuais para continuar as reforma.



A garantia contratual consiste em apresentar 10% do valor total da obra, para segurança do estado. Caso a empresa não apresentasse a garantia contratual (no prazo de cinco dias), o estado poderia quebrar unilateralmente o contrato com o Consórcio. A empresa pode entrar na justiça e o estado precisará parar as obras (que já estão paradas) e não poderá realizar nenhuma outra licitação para retomar a reforma.

Conforme a assessoria de imprensa da Secid, o secretário está em reunião discutindo os seus próximos passos em relação ao caso. Até o início da tarde ele deverá se manifestar sobre a possível quebra de contrato ou repactuação das obras.

Outro Lado



A empresa não se manifestou sobre o caso, mesmo após várias ligações e recados deixados pela reportagem do Jornal Circuito Mato Grosso.

Empresa ganha mais 5 dias para apresentar garantia contratual

Estado dá cinco dias para empresa apresentar garantia contratual



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE