PUBLICIDADE
PÂNICO NAS ALTURAS

Avião da Gol apresenta problemas em voo e passageiros se desesperam

Aeronave perdeu altitude e houve despressurização; Entre os 100 passageiros a bordo estavam o deputado Ezequiel Fonseca e a reitora da UFMT, Maria Cavalli

Da Redação

Equipe

13/08/2015 09h31 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00 10 comentarios

Fotos: Adrielle Piovezan



Avião da Gol que fazia o trajeto Brasília – Cuiabá, na noite desta quarta-feira (12), por volta das 23h30, apresentou problemas em pleno voo, momentos antes de pousar no Aeroporto Marechal Rondon – região metropolitana de Cuiabá - e causou pânico nos 100 passageiros que estavam a bordo. Informações da empresa área, a aeronave G3 1528 apresentou dificuldades para o pouso, perdendo altitude de forma rápida e despressurização.

O deputado federal, Ezequiel Fonseca (PP) e a reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Lícia Cavalli Neder estavam a bordo do avião e passam bem.

A assessora do parlamentar, jornalista Adrielle Pioezan, também estava no voo e relatou momentos de pânico, vividos por todos os passageiros.



“Caíram máscaras de oxigênio. Muita gritaria e choro de criança a bordo. Faltou ar e ficou cheirando queimado. Queimou algum compartimento interno. Parecia que estava caindo o avião, foi muito tenso”, relatou a jornalista.

Em nota, a Gol afirmou que todos os passageiros receberam o devido atendimento após o pouso e justificou o motivo da “pane”.

 
“A GOL informa que, durante o procedimento de descida do voo G3 1528, entre Brasília (DF) e Cuiabá (MT), após uma indicação de limitação técnica da aeronave, o comandante acionou as máscaras de oxigênio e agilizou a aproximação para o pouso de forma preventiva. O desembarque ocorreu normalmente e os clientes receberam o atendimento necessário. A GOL lamenta pelo desconforto e ressalta que tais medidas visam a preservação do valor número 1 da companhia, a Segurança”.

.


10 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Só quem passa por isso sabe o que significa realmente a atenção aos procedimentos de segurança informados pela tripulação antes da decolagem .

  2. Quanta hipocrisia nos comentários acima! O desespero que passamos foi justamente por não saber de fato o que estava acontecendo, e não por não prestar atenção nos procedimentos. Quando as máscaras caíram todos colocamos conforme a instrução! É fácil falar quando não foi você que passou por isso e ainda mais sem nenhuma informação do ocorrido. O comandante em momento algum após o ocorrido informou a tripulação sobre o que realmente aconteceu. E quem passou informando e acalmando a todos foram os comissários de bordo.

  3. É interessante o povo ae dana agritar como se adiantasse alguma coisa. Nessas e manter a calma e confia em Deus e Depois na competência do piloto.

  4. Graças a Deus todos estão bem isso pode ocorrer em qualquer voo, se tem medo de cair nao subam pois quem tem medo de defecar nao pode comer.....

  5. Prezados: Odor de queimado refere-se ao motor que produz o oxigênio liberado nas máscaras, este motor chega a uma temperatura muito alta. Aos invés de ficar fazendo gracinha ou dormindo na hora dos procedimentos de seguranças antes da decolagem, prestem atenção, um dia poderá servir para sua sobrevivência!

  6. Fogo na roupa!

  7. Primeiro que a descida rápida é procedimento na perda de pressão, não significa que o avião está caindo.. Segundo que cheiro de queimado ao caírem as máscaras também não significa que está "queimando compartimentos", os geradores químicos, ao serem acionados p liberar o O2, provocam esse cheiro.. Mas o mais engraçado de tudo é o senhor ali na foto que estava "tão nervoso" q colocou a máscara de volta p tirar uma self.. Estava mais preocupado em não conseguir guardar uma foto para publicar do que procurar saber o que realmente houve ou se havia alguém que precisava de ajuda.. Serve mesmo de um bom exemplo para que na hora da demonstração dos procedimentos de emergência as pessoas prestem mais atenção.

  8. "Passageiros se desesperam" não por falta de instrução em caso de emergência e sim por falta de atenção deles mesmo que não dão a mínima importância para as instruções de segurança que são passadas em TODOS OS VOOS.

  9. Procedimento normal. Descida rápida para uma área de maior pressão e cheiro de queimado causado pelos geradores químicos de ar. Tudo dentro do previsto. Pânico houve por falta de atenção dos passageiros durante a apresentação dos equipamentos de segurança. Isso pode ser tão comum, que todas as aeronaves pressurizadas contam com equipamentos adequados. Se liguem nas instruções! Fica a dica! 😉

  10. Apenas a título de informação, o cheiro de queimado é normal nesse tipo de ocorrência. Este cheiro é gerado pelo acionamento dos geradores de oxigênio das máscaras.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE