PUBLICIDADE

Menino de um ano leva 30 mordidas em creche

  A mãe de uma criança que teria levado mais de 30 mordidas em uma creche municipal registrou boletim de ocorrência nesta quarta-feira (17) na cidade de Sinop, a 503 quilômetros de Cuiabá.

17/04/2013 20h55 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

De acordo com a Polícia Civil, o menino de 1 ano e quatro meses apresentava várias mordidas pelo corpo e no rosto, além de ferimentos perto dos olhos e principalmente nas orelhas.
 
A mãe da criança, Carla Werleng, disse que deixou o filho na creche municipal Neusa Nadir Graf, no Bairro Boa Esperança, na manhã de terça-feira (16). Por volta de meio-dia, a diretora da creche teria ligado para Carla e informado que o filho dela foi encaminhado para um hospital. Contudo, a diretora da creche e a professora que estaria cuidando das crianças não quiseram se pronunciar sobre o caso à reportagem.
 
‘’Ela [a diretora] falou que a criança tinha sofrido um acidente na creche e era para a gente ir pro hospital que já estavam levando a criança. Perguntamos o que era, e eles disseram que era grave e era pra ir lá”, disse a mãe.
 
No hospital, a mãe foi informada que a criança teria sido mordida em um intervalo de cinco minutos, quando uma das monitoras se afastou para beber água. “Eu acho que em cinco minutos uma criança da idade dele jamais faria o que ele fez. Ia dar uma ou duas mordidas e não mais de 30 mordidas como ele deu”, desabafou Carla.
 
O menino foi atendido no Pronto Atendimento de Sinop, onde a própria médica acionou o Conselho Tutelar. Somente nesta quarta-feira os pais da criança registraram boletim de ocorrência. A Polícia Civil ainda vai ouvir o depoimento da diretora, funcionários e dos pais.
 
‘’Nós já requisitamos o laudo do IML e só será confirmado aquilo que já vimos através de provas. Independente disso, vamos ouvir os pais da criança, inclusive os responsáveis pela guarda do menino naquele momento em que ocorreu as lesões”, disse o delegado Bráulio Junqueira.
 
A Secretaria Municipal de Educação abriu um processo administrativo para apurar o fato. Segundo a secretaria três pessoas tomam conta das crianças em cada sala das creches.
 
.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE