PUBLICIDADE
EXIGEM VALORIZAÇÃO

Visitas estão suspensas em protesto de agentes penitenciários

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) foi procurada e informou que não vai se pronunciar

03/12/2020 17h52 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Agentes penitenciários de Mato Grosso entram no segundo dia de protestos. As manifestações ocorrem no interior das unidades prisionais e visitas de familiares estão proibidas.



 

Os servidores exigem valorização salarial, principalmente, e também votação do Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 05, que fala sobre a regulamentação da Polícia Penal.


De acordo com informações do Sindicato dos Servidores Penitenciários (Sindspen), todos os serviços nas unidades estão suspensos, inclusive no Centro de Ressocialização de Várzea Grande (CRVG) conhecido como “Capão Grande”, unidade na qual tem sido a porta de entrada de presos desde março, seguindo a medida de prevenção ao coronavírus.




As visitas estão suspensas para familiares. As audiências com advogados, magistrados e demais autoridades que ocorriam de forma remota também foram suspensas.


“Entendemos que negociação é demorada, sendo que às vezes avançamos e outras temos que recuar para buscar fôlego e dar passos maiores, mas não vamos recuar da luta. Ressaltamos que esse ato é só o inicio, até alcançar o resultado aos dois tópicos prioritários: valorização salarial e aprovação da PEC 05, sem alteração”, afirma a presidente do sindicato, Jacira Maria.


Outro lado
A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) foi procurada e informou que não vai se pronunciar.

.

FONTE: Gazeta Digital



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE