PUBLICIDADE
COMBATE AO CORONAVÍRUS

Governo negocia com dois hotéis para abrigar profissionais de saúde durante pandemia

Um hotel será utilizado pelos profissionais que forem infectados pelo vírus, enquanto que o outro abrigará trabalhadores que tiverem parentes contaminados

Da Redação

Equipe

03/04/2020 17h45 | Atualizada em 03/04/2020 17h29

Governo negocia com dois hotéis para abrigar profissionais de saúde durante pandemia

Otmar de Oliveira

Em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (3), o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, informou que o Governo de Mato Grosso está negociando com duas redes de hotéis para abrigar profissionais de saúde durante o período de combate à pandemia de Covid-19 em todo o Estado.



De acordo com o titular da SES-MT, um dos hotéis será utilizado para hospedar os trabalhadores que forem infectados pelo novo coronavírus, enquanto que o outro irá abrigar os profissionais que tiverem parentes contaminados dentro de casa.

A medida atende ao pedido feito pelo Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT), que solicitou por meio de ofício, na última quarta-feira (1º), que o Poder Público disponibilizasse quartos de hotéis para que os profissionais da área evitassem o deslocamento diário para suas casas neste período crítico.

Gilberto também destacou que o Governo está estudando a contratação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) para atender a demanda de pacientes que apresentarem quadro de síndrome respiratória aguda grave.



O secretário disse que o governador Mauro Mendes publicou um decreto para autorizar a contratação e uma portaria com as regras e custos. Os leitos ainda serão fiscalizados por uma equipe de inspeção.

Figueiredo explicou que o Estado conta com 1000 UTI’s nas redes pública e privada de saúde. No entanto, apenas 500 leitos contam com aparelhos de respiração mecânica.

.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE