PUBLICIDADE

Cidades - Página 1298

Juiz de MT manda soltar 11 suspeitos de fraude em emissão de CNHs

Juiz de MT manda soltar 11 suspeitos de fraude em emissão de CNHs

A Justiça mandou soltar 11 suspeitos de fazerem parte de um esquema de compra e venda de carteiras de habilitação que ocorria em Mato Grosso, Goiás e Tocantins. O bando foi preso na última quarta-feira (27) pela Polícia Civil, durante a Operação Fraus, desencadeada em 39 municípios nos três estados.

Homem morre em MT após moto parar embaixo de carreta em rodovia

Um motociclista morreu após se envolver em um acidente na BR-364, próximo ao trevo de entrada do município de Dom Aquino, distante 172 km de Cuiabá, neste sábado (30). De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima tinha 30 anos de idade e bateu em uma carreta.

Presídios insalubres: Estado de Mato Grosso é condenado em 500 mil por dano moral coletivo. MPT pede R$ 1,5 milhão

O Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), foi condenado pela juíza Márcia Martins Pereira, em atuação pela 6ª Vara do Trabalho de Cuiabá, ao pagamento de R$ 500 mil por dano moral coletivo, em razão do descumprimento de uma série de normas relacionadas à higiene, saúde e segurança no trabalho nas unidades prisionais da região metropolitana da capital.

Polícia autua 24 pessoas por depredar terminal de ônibus em cidade de MT

Polícia autua 24 pessoas por depredar terminal de ônibus em cidade de MT

Os atos de depredação do terminal de ônibus André Maggi, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), levaram à prisão de 12 pessoas e à apreensão de outros 12 menores de idade na noite desta sexta-feira (29) durante um protesto contra mudanças no sistema de integração no transporte coletivo.

Previsão é de chuva para todas as regiões de MT neste sábado (30)

Previsão é de chuva para todas as regiões de MT neste sábado (30)

O sol aparece entre nuvens nesse sábado, em Mato Grosso, e pode chover a qualquer hora do dia em todas as regiões. Na faixa do centro sul do estado há risco de temporal no período da tarde. A previsão é do Centro de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CEPTEC/Inpe), segundo o qual a umidade deve ficar elevada em grande parte das cidades.

Candidatos já podem consultar locais de prova para concurso da AL de MT

Os candidatos do concurso público da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) já podem consultar os locais onde realizarão as provas no próximo dia 8. O sistema de consulta foi disponibilizado na última quinta-feira (28) no site da instituição realizadora do concurso, a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Justiça de Mato Grosso fica longe da meta do CNJ de combate à corrupção

A Justiça de Mato Grosso deve encerrar o ano de 2013 longe do cumprimento da Meta 18, estabelecida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para acelerar o combate à corrupção no país. De todas as 3.098 ações por improbidade administrativa ou por crimes contra a administração pública protocoladas até 2011, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) julgou menos de um terço, apenas 29,54%. A um mês do fim do prazo estipulado, este é o pior índice de cumprimento da Meta 18 dos poderes judiciários estaduais na região Centro-Oeste.   Na região, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) é o que detém melhor índice, 71,43% de cumprimento, mas também é o que teve a menor demanda: precisou julgar apenas 728 processos.   O Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJMS) também obteve alto índice de cumprimento, 67,3%, o qual se encontra inclusive acima da média nacional de 51,5%, mas a demanda de processos foi de menos da metade da enfrentada pelo TJMT.   A situação que mais se assemelha à do Judiciário mato-grossense é a do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO). Os magistrados goianos conseguiram julgar 38,4% dos 3.409 processos envolvendo casos de corrupção, atingindo até este final de novembro índice superior ao do TJMT, apesar da demanda um pouco maior.   Em junho, o TJMT tomou medidas específicas para atingir a meta do CNJ. O presidente, desembargador Orlando Perri, decretou regime de exceção por seis meses na 17ª Vara Especializada de Ação Civil Pública e Ação Popular da Comarca de Cuiabá, responsável por julgar parte dos processos que o CNJ pretendia extinguir até o fim deste ano (no caso daqueles protocolados até o ano de 2011).