PUBLICIDADE
SESSÃO FAMÍLIA

CineMaterna promove sessões especiais para mamães e bebês

De “férias”, o projeto retornou nesta quarta-feira (7) na capital. As sessões acontecem todas as primeiras quartas-feiras do mês no Goiabeiras Shopping

08/02/2018 07h30 | Atualizada em 07/02/2018 19h12

CineMaterna promove sessões especiais para mamães e bebês

Elis Freitas

Ir ao cinema é um dos programas mais prazerosos para os amantes da sétima arte ou até para aqueles que simplesmente curtem um bom filme. Entretanto, quando um bebê entra nesta história, a situação é diferente. Geralmente, o espaço não é preparado para receber crianças menores e o barulho causado pelo som assusta os pequenos. Assim, mães e pais deixam de ir aos cinemas e perdem aquilo que poderia ser um programa divertido em família.

Juntando todos estes fatores, Irene Nagashima, em 2008, juntou um grupo de mães para aproveitar uma sessão juntas. Naquele mesmo ano, foi fundado o CineMaterna buscando reinserir mães de recém-nascidos no meio social através do cinema, promovendo também bate-papos após as sessões. Segundo dados divulgados no site do projeto em 2016, o CineMaterna já recebeu 51 mil adultos e 21 mil bebês, passando por 48 cidades em todo o Brasil.

As sessões não são gratuitas, com o valor do ingresso sendo definido por cinema participante. O CineMaterna é recomendado para mães com bebês de até 18 meses – pais e acompanhantes são bem-vindos. O CineMaterna também aconselha evitar levar crianças maiores devido às temáticas adultas dos filmes exibidos. Inclusive, os longas-metragens são escolhidos através de uma votação realizada no próprio site do projeto.

Em Cuiabá, o CineMaterna teve início em 2016, com interrupções apenas nas tradicionais férias de janeiro. As sessões acontecem nas primeiras quartas-feiras do mês no Goiabeiras Shopping, através da rede de cinemas Cinemark. Paula Neves, 36 anos, é voluntária e organizadora do CineMaterna na cidade, contando com uma equipe de seis mães voluntárias, incluindo ela.

"A ideia é facilitar a vinda da mamãe ao cinema", conta Paula Neves em entrevista. O espaço é prontamente preparado para receber os bebês. O som é mais baixo do que em sessões comuns e a climatização é feita de forma mais amena para os bebês. Há também trocadores e um espaço reservado nas primeiras filas para os filhos maiores ficarem. Para as mães com carrinhos, há um lugar destinado para guardá-los. Uma equipe estará sempre disponível para ajudar as mães em tudo o que seus bebês precisarem, promovendo um melhor conforto.

"Nós [as mães voluntárias] já passamos por esse cenário de recém-mãe, bebê novo em casa e às vezes sem opções de passeio, de entretenimento, de encontro com outras mães. Então, esse é o melhor eixo do projeto em cada cidade: esse perfil de voluntárias. As mães que vêm esperam essa atenção e atendimento diferenciados", afirma Paula Neves.

O psicólogo Fábio Rodrigues Corrêa, 39 anos, em entrevista ao Circuito Mato Grosso, afirma que, devido ao espaço preparado para mães e bebês, “é uma grande oportunidade para as mães trocarem experiências, fazer novas amizades, algo que proporciona a interação entre os bebês”.

Tatiane Carvalho Leite, 33 anos, mãe de dois filhos, conheceu o CineMaterna em sua primeira gestação, mas na época o projeto ainda não tinha chegado à cidade. Em 2016, começou a frequentar o CineMaterna, acompanhando as sessões, tornando-se voluntária neste ano. "Eu venho em todas as sessões, então a Paula, responsável pelo CineMaterna em Cuiabá, me chamou para estar participando".

Já Regina da Silvia Pereira, 32 anos, mãe de uma filha de três meses, conheceu o CineMaterna por uma amiga e participa apenas como espectadora. “Depois de tanto tempo sem poder sair, depois de tanto tempo se privando de várias coisas, significa uma diversão. Então para a mãe, principalmente para mim que sou de primeira viagem, é muito importante”, conta Regina sobre sua primeira experiência com o projeto e a importância da interação entre as mães.

Como Participar

Para participar do CineMaterna como mãe voluntária só é preciso realizar um cadastro no site da ONG. O trabalho é voluntário, envolvendo a preparação das salas e recepção das mães e pais na sessão. Para as mães espectadoras, é só comparecer na primeira quarta-feira do mês no Goiabeiras Shopping, adquirir seu ingresso e participar da sessão.

.

FONTE: José Lucas Salvani

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE