PUBLICIDADE
GREVE

Detran orienta população a utilizar serviços pela internet durante greve

Os documentos podem ser entregues em casa, conforme solicitação do usuário, após o pagamento das taxas

José Wallison

Repórter

13/09/2017 15h47 | Atualizada em 13/09/2017 16h04

Detran orienta população a utilizar serviços pela internet  durante greve

Max Lucidos

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MT) orienta a população para que, com a deflagração da greve dos servidores ocorrida nesta segunda-feira (11.09), utilize os serviços online de Licenciamento Anual, Permissão Internacional para Dirigir (PID), 2ª Via da CNH e CNH Definitiva. Os documentos podem ser entregues em casa, conforme solicitação do usuário, após o pagamento das taxas. O prazo para entrega do licenciamento é de 72 horas e a CNH em até 10 dias.

Os serviços podem ser solicitados via aplicativo MTCidadão, no site do Detran e no site do Governo.

Greve 

Os Servidores do Detran entraram em greve em todo o estado a partir desta segunda-feira (11) conforme o indicativo votado no dia 24 de agosto. A categoria reivindica reposição de defasagem salarial dos últimos dois anos. A categoria aguardou os 15 dias úteis para que o Governo apresentasse proposta à diretoria do Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran) proposta referente à tabela salarial da categoria, porém o prazo, estipulado pelo próprio Executivo, não foi cumprido.

Segundo a presidente do Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran) Daine Renner, o governo ficou de dar uma resposta após a paralisação do mês passado.  “Na paralisação de 24 horas no dia 17 de agosto, o Governo anunciou que iria nos apresentar uma proposta em 15 dias, a categoria aguardou mais esse prazo, depois de 8 meses de luta em torno dessa pauta, contudo o prazo solicitado passou e mais uma vez o Governo não cumpriu com o compromisso. Até o momento não contactou o Sindicato para nenhuma reunião nem nos apresentou uma proposta por escrito para que pudéssemos levar para a categoria avaliar em assembleia, o que demonstra que não está preocupado com o prejuízo que causará à população”, comenta a presidente do Sinetran, Daiane Renner.

O Departamento de Trânsito (Detran), disse em nota que  a demanda dos servidores está em análise pela Secretaria de Estado de Gestão (Seges).                                                                                                                                       

 

FONTE: Assessoria

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE