PUBLICIDADE

Cidades - Página 1145

Cidades do interior terão centro socioeducativo

Cidades do interior terão centro socioeducativo

Um centro socioeducativo com capacidade para internação de 20 adolescentes infratores será construído no município de Lucas do Rio Verde até maio de 2014. A estrutura também atenderá a cidade vizinha, Nova Mutum. A iniciativa foi firmada através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado na última sexta-feira (23), entre o Ministério Público Estadual, os prefeitos dos dois municípios e o Governo do Estado. As obras devem ter início até o próximo mês.

BR-163 é interditada por integrantes do MST

BR-163 é interditada por integrantes do MST

.autor { font-size: 12px; border: 1px solid #D1D1D1; border-radius: 5px; padding: 3px; width: 70px; background-color: #ECECEC; } Da Redação   O tráfego de veículos foi bloqueado na manhã desta segunda (26), na BR-163 a cerca de 30 km do município de Sinop (501 km de Cuiabá). A interdição é feita por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem terra (MST) e é permitida somente a passagem de ambulâncias e viaturas policiais. 

Termômetros registram 12ºC em Cuiabá

Termômetros registram 12ºC em Cuiabá

A massa de ar frio vinda da região sul do país com características polares derrubou a temperatura em Cuiabá, nessa segunda-feira (26). Por volta das 6h30 da manhã, os termômetros na capital mato-grossense marcavam 12ºC.

Começa hoje revisão biométrica em Lucas

Começa hoje revisão biométrica em Lucas

.autor { font-size: 12px; border: 1px solid #D1D1D1; border-radius: 5px; padding: 3px; width: 70px; background-color: #ECECEC; } Da Redação   O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) inicia nesta segunda (26) a revisão biométrica dos 33.349 eleitores do município de Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá). 

Acidente na BR-163 deixa cinco feridos

Acidente na BR-163 deixa cinco feridos

.autor { font-size: 12px; border: 1px solid #D1D1D1; border-radius: 5px; padding: 3px; width: 70px; background-color: #ECECEC; } Da Redação Um acidente entre uma carreta e um caminhão, na BR-163, município de Sinop (501 km de Cuiabá), deixou cinco pessoas feridas, no último domingo (25). 

Jovem que arrecadou R$ 100 mil pela web vai reconstruir rosto em outubro

Jovem que arrecadou R$ 100 mil pela web vai reconstruir rosto em outubro

Um ano depois de arrecadar mais de R$ 100 mil pela internet ao realizar uma campanha para fazer uma cirurgia de reconstrução no rosto, o jovem Oziel de Oliveira, de 23 anos, morador de Lucas do Rio Verde, cidade a 360 km de Cuiabá, declarou em entrevista que o grande sonho deverá se realizar somente em outubro.

Obras de mobilidade urbana alteram desfile de 7 de setembro em Cuiabá

Obras de mobilidade urbana alteram desfile de 7 de setembro em Cuiabá

Em razão das obras de mobilidade urbana em Cuiabá, neste ano o desfile cívico de 7 de Setembro será realizado em frente à 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, localizada na avenida Historiador Rubens de Mendonça, na Capital. Outra novidade decidida em reunião pela comissão organizadora do evento é que o desfile será no período matutino, com previsão de início às 8h.   Na próxima terça-feira, a comissão se reúne com demais órgãos para definir os últimos detalhes do evento. “Para esse ano esperamos uma participação maior por parte da sociedade, já que se trata de um evento público de caráter cívico”, disse o coordenador do desfile, coronel BM Atila Wanderley da Silva.   Participaram da reunião representantes das unidades da Policia Militar, Policia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Exército Brasileiro, Aeronáutica, Marinha do Brasil, Defesa Civil, Casa Militar, Casa Civil, Secretaria de Estado de Educação, Secretaria Municipal de Educação, Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Secretaria Municipal de Trânsito, Policia Rodoviária Federal, Sistema Penitenciário e representantes das escolas estaduais e municipais de Cuiabá e Várzea Grande.     Assessoria/Sesp-MT  

Cáceres desperdiça 9, 5 milhões de litros de água por dia

Cáceres desperdiça 9, 5 milhões de litros de água por dia

Nove milhões e quinhentos mil litros de água produzida pela Estação de Tratamento (ETA) de Cáceres (234 km de Cuiabá), equivalente a 50% da produção diária, são desperdiçadas. Cerca de 5,7 milhões de litros, equivalente, a 30% do desperdício, ocorre antes mesmo da água sair da ETA.   São vazamentos existentes, em toda estrutura do prédio. O restante, cerca de 3,8 milhões de litros, se perdem através das milhares de ligações clandestinas, bem como, vazamentos em toda extensão da rede de distribuição. A capacidade de produção da Estação de Tratamento é de 220 litros por segundo, equivalente, a 19 milhões de litros/dia.   A revelação foi feita, com exclusividade, ao Jornal Expressão, pelo engenheiro Paulo Donizete da Costa, futuro coordenador dos serviços de tratamento e distribuição de água no município, a exatamente, uma semana da prefeitura reassumir o controle dos serviços de tratamento e distribuição de água à população, previsto para 2 de setembro, justificando a necessidade urgente de investimentos para sanear os problemas, modernizar o setor e, dessa forma, produzir e oferecer produto de qualidade à população.   Além do desperdício, ocasionados por vazamentos e ligações clandestinas, Donizete enfatiza que, das 21.046 ligações cadastradas no sistema, 5.724 não dispõe de hidrômetros, 1.200 estão com hidrômetros danificados, 1.814 estão parados com atividades, 40 estão parados sem atividades e 12.268 estão em atividade normal, porém, vários com prazo de validade vencido.     De acordo com Donizete, será necessário substituir, pelo menos, 12 mil hidrômetros para melhor gerir a produção de água necessária para o consumo da população. “É de nosso conhecimento a precariedade em que se encontra o sistema, haja vista a falta d’água e a falta de qualidade do produto” argumenta.   O futuro coordenador não descarta a possibilidade de aumentar a tarifa da água que hoje é de R$ 11,00 o metro cúbico – equivalente a 1 mil litros por mês. “A princípio não é do nosso interesse aumentar. Vamos analisar a demanda de receita e despesa durante 30 dias. Ai então vamos decidir. Se houver prejuízo como se comenta, teremos que majorar. Até mesmo porque, nos últimos 11 anos a tarifa de água em Cáceres só teve um aumento de 22% no ano passado” diz lembrando que “nesse período o salário mínimo subiu mais de 300%; a energia elétrica também 300% e produtos químicos mais de 500%”.   De posse de uma pesquisa, ele afirmou que a água em Cáceres é uma das mais baratas do Estado. Em outros municípios, a média, segundo ele, é de R$ 18,00 o metro cúbico. “A tarifa em Cáceres, atualmente, é uma das mais baratas do Estado. Em Cuiabá é praticada a R$ 19,90, em Pontes e Lacerda R$ 18,50, em Sinop, R$ 16,50.”   A retomada do gerenciamento dos serviços de água e esgoto do município foi uma das principais promessas de campanha do prefeito Francis Maris Cruz. Além de tecer severas críticas pela falta d’água e a qualidade do serviço oferecido à população, o então candidato defendeu reiteradas vezes que, a administração reassumisse essa função, tendo em vista que, sendo tocada por uma empresa terceirizada o município não poderia receber recursos federais para reestruturação do setor.   Ferrenho oposicionista da administração, o vereador Edmilson Campos, o Café no Bule, já antecipou. “Sou favorável à prefeitura assumir esses serviços. Mas de antemão digo que sou, terminantemente, contra a ideia de majora a tarifa. Antes mostre serviço para depois cobrar” afirma. Por: Expressão Notícias