PUBLICIDADE
FERIADO

Fluxo de veículos de passeio deve ser 10% maior neste feriadão

Com movimento de caminhões mantido, motoristas devem redobrar atenção durante o feriado de Tiradentes

20/04/2017 15h18 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Foto: Reprodução

O fluxo de veículos de passeio na BR-163 deve aumentar em até 10% durante o feriado de Tiradentes, segundo estimativa da Concessionária Rota do Oeste. O maior movimento é previsto para as saídas de Cuiabá, de Rondonópolis e de Sorriso.  

Com a liminar que suspende a Portaria 21, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o tráfego de veículos de carga na rodovia será mantido e os motoristas devem redobrar a atenção, uma vez que não haverá restrição de tráfego em horários determinados.

O gerente de Operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, orienta os usuários a planejarem a viagem, especialmente os motoristas que não têm o hábito de dirigir em rodovias. “Mato Grosso tem um tráfego intenso de caminhões e carretas e isso será mantido durante o feriado. Esse fluxo se mistura com o de veículos de passeio e é preciso ter paciência durante o trajeto para que a viagem ocorra de forma tranquila e sem transtornos”.
Entre as recomendações está o uso de cinto de segurança, trafegar com os faróis ligados mesmo durante o dia, não dirigir acima do limite de velocidade, não ultrapassar em local proibido, ou forçar a ultrapassagem, manter uma distância segura do veículo da frente, não ingerir bebida alcóolica e não usar o celular enquanto dirige.

Ferreira destaca que a manutenção de uma distância segura do veículo da frente garante ao motorista a chance de evitar acidentes. Relata que é muito comum registro de colisões traseiras porque o usuário não teve tempo de frear e terminou atingindo o veículo da frente.

“O que acontece na estrada é imprevisível e o motorista tem que adotar condutas para evitar acidentes. Esperamos que este feriado prolongado seja tranquilo, como o da Páscoa, sem nenhum registro de morte e redução de acidentes”, explica Ferreira ao referir-se a queda de 27% no número de acidentes e 58% vítimas a menos, se comparado com o saldo do mesmo feriado em 2016.

0800 -  O gerente lembra ainda que os usuários que necessitarem de atendimentos no trecho de 850 quilômetros sob concessão em Mato Grosso, podem entrar em contato com o Centro de Controle Operacional (CCO) por meio do telefone gratuito 0800 065 0163. As equipes estão preparadas para realizar atendimentos diversos, desde um mal-estar dos usuários a um suporte em caso de pane de veículo.

Sobre a Rota do Oeste - A Rota do Oeste, empresa da Odebrecht Rodovias, é responsável pela recuperação, conservação, manutenção e implantação de melhorias da BR-163, bem como a oferta de serviços de atendimento ao usuário, entre os municípios Itiquira (MT) e Sinop (MT), um trecho com extensão de 850,9 quilômetros.
 
Nos primeiros anos de atuação, a concessionária duplicou 117 quilômetros da rodovia, da divisa com Mato Grosso do Sul até Rondonópolis. A Rota do Oeste também tem a missão de ampliar a pista da BR-163, do Posto Gil a Sinop, e da rodovia dos Imigrantes (BR-070). Juntos, os segmentos somam 453,6 quilômetros.  Ainda como parte do escopo de trabalho está a recuperação e conservação do trecho de 108 quilômetros entre Várzea Grande e Rosário Oeste.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE