PUBLICIDADE
INOVAÇÃO

Vozz Club a balada eletrônica de nível internacional na Capital

Inaugurada há trinta dias, casa noturna tem um dos melhores sistemas de som do país e aposta em atrações nacionais e internacional

Felipe Leonel

Repórter

23/04/2017 16h30 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Jovens ávidos por música eletrônica já têm um endereço fixo para curtir a noite durante os finais de semana, em Cuiabá. Desenvolvida com sistema de iluminação projetado apenas para a casa noturna e com sistema de som único em todo o Brasil, a Vozz Club garante que esses são os diferenciais para se destacar no mercado de entretenimento da capital mato-grossense.

Os empresários que idealizaram a casa noturna, Fábio Serra e Igor Noda, de 36 anos, explicam que a proposta inovadora é uma necessidade imposta pelo estilo musical, que se renova a cada dia. Essas inovações passam por todos os aspectos da casa, como arquitetura, sistema de iluminação e um sistema de som mais atualizado do mundo, único no Brasil.

“A gente tem um sistema de som único, que é o primeiro e mais completo do Brasil. Outras casas noturnas também possuem, mas são outros modelos. Outro diferencial é o sistema de iluminação, que foi um projeto único para a casa, não é uma cópia de algum lugar”, explicou o empresário Igor Noda, ao Circuito Mato Grosso.

Fábio também destaca a arquitetura da casa, que antes tinha um viés mais moderno, luxuoso e hoje é voltado para a arquitetura industrial e “tem tudo a ver com a música eletrônica”. Segundo Fábio, o objetivo foi trazer os modelos de boates da Alemanha, Inglaterra e de outros países da Europa, com uma arquitetura mais rústica.

Segundo os empresários, as casas europeias preferem o robusto ao mais luxuoso, e foi este conceito que eles tentaram transmitir com a nova arquitetura da casa. Eles ainda argumentam que o público que curte a música eletrônica exige mudanças constantes na arquitetura. 

“É um público sedento pelo novo. Esse projeto de reciclagem, da reforma da casa, é muito exigido e muito necessário para este segmento. Nesta casa, por exemplo, em dois ou três anos nós teremos que fazer uma reciclagem. Mas não basta simplesmente pintar as paredes de outra cor, e pronto!”, disse Fábio.

PROJETO DE SEGURANÇA

Fábio Serra destaca ainda que os frequentadores da casa podem ficar tranquilos quanto à integridade física de cada um, pois a Vozz conta com todos os requisitos necessários para agir em um possível momento de emergência, como diversos extintores espalhados pela casa e material de isolamento acústico não inflamável.

Ainda foi construída uma caixa d’água de 35 mil litros, instalação de hidrantes em alguns pontos da casa, câmeras de segurança. A casa ainda conta com a presença de um socorrista ou bombeiro civil enquanto está aberta, o que é obrigatório para todas as casas noturnas, mas segundo os empresários, poucas boates de Cuiabá cumprem esta exigência.

Os empresários destacam que esta é uma das maiores preocupações da Vozz e que foi “investido muito dinheiro” no sistema de segurança, para cumprir todas as exigências estabelecidas pelo Poder Público.

“É uma preocupação mais nossa do que de um quadro geral [de empresários], e do Poder Público, que não fiscaliza”, argumentou Fábio. Ele acrescentou também que caso aconteça uma eventualidade, eles são os responsáveis. “Mesmo que o cliente não veja o sistema, é importante ter, os consumidores podem ficar tranquilos”, garantiu Fábio.

ATRAÇÕES

Segundo os proprietários da casa, a música eletrônica vai dominar o ambiente em todos os finais de semana, com atrações regionais e nacionais. Eles ainda pretendem trazer um show internacional por mês para fazer a festa dos cuiabanos. Os próximos serão o DJ alemão Kolombo, que irá tocar na casa na próxima sexta-feira (28).

“É um dos nomes internacionais de maior abrangência no mercado de musica eletrônica. Esse é o grande nome do mês”, pontuou Igor Noda.

Além disso, está prevista a vinda da atração Amine Edge, que deverá tocar na casa no dia 26 (sexta-feira) de maio. Segundo Fábio, esse é o evento que está gerando maior expectativa devido à importância da atração. “É uma atração muito grande, grande demais até para a nossa casa”, disseram os empresários, que estão otimistas com o novo negócio.

A Vozz Club tem capacidade para 700 pessoas, sendo 90 vagas para camarotes e 150 para o backstage. Os preços dos ingressos são de R$ 30, nos primeiros lotes, e na portaria o valor fica entre R$ 40 para um ingresso feminino e R$ 50 para homens. Os setores de camarote custam em torno de R$ 100 por pessoa. A Vozz abre todos os sábados e fica localizada na Rua 24 de Outubro, nº 370, Centro. O telefone para contato é (65) 3054-5021.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE