PUBLICIDADE

Cidades - Página 1045

Ingressos de show em MG com frase 'Se beber, dirija' devem ser recolhidos

Ingressos de show em MG com frase 'Se beber, dirija' devem ser recolhidos

Devido a um erro de impressão, a organização do show do grupo Sorriso Maroto, que será realizado em Formiga, no dia 16 de agosto, informou na tarde desta terça-feira (6) que os ingressos terão de ser substituídos. A atitude foi tomada após o Ministério Público ter recebido uma denúncia do caso e exigir o recolhimento dos ingressos que saíram com a frase 'Se beber, dirija'.

Em assalto a autoescola, bandidos levam R$ 10 mil (Veja vídeo)

Em assalto a autoescola, bandidos levam R$ 10 mil (Veja vídeo)

.autor { font-size: 12px; border: 1px solid #D1D1D1; border-radius: 5px; padding: 3px; width: 70px; background-color: #ECECEC; } Da Redação   Assaltantes armados invadiram uma autoescola, em Sorriso, na última segunda (5) e levaram cerca de R$ 10 mil em dinheiro. Os bandidos entraram no local com  capacetes na cabeça, conforme mostram imagens do circuito interno de segurança do local. 

Secom diz que Walace foi vítima de sabotagem

Secom diz que Walace foi vítima de sabotagem

.autor { font-size: 12px; border: 1px solid #D1D1D1; border-radius: 5px; padding: 3px; width: 160px; background-color: #ECECEC; } Camila Ribeiro - Da Redação   A Secretaria de Comunicação de Várzea Grande, afirmou por meio de nota encaminhada à imprensa, que o prefeito Walace Guimarães (PMDB) foi vítima de uma “armação maldosa”, na manhã desta terça (7), quando embarcava para Brasília, no Aeroporto Marechal Rondon. 

Força-tarefa do Ministério Público reabre 15 inquéritos sobre Metrô de SP

Força-tarefa do Ministério Público reabre 15 inquéritos sobre Metrô de SP

O Ministério Público do Estado de São Paulo organizou uma força-tarefa para analisar 45 inquéritos envolvendo empresas que estão sob suspeita de fraudes em licitações do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Das 45 investigações, 15 estavam arquivadas devido a falta de provas - elas foram reabertas pelos 10 promotores que fazem parte da força-tarefa. As licitações estão sob apuração do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que investiga uma denúncia feita pela empresa Siemens de formação de cartel nos serviços de trens de São Paulo e do Distrito Federal. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Mato Grosso registra novos ataques e Sindicato cobra atuação dos bancos

Mato Grosso registra novos ataques e Sindicato cobra atuação dos bancos

Da Assessoria Novos ataques a caixas eletrônicos voltam a atemorizar a população em Mato Grosso. Somente neste fim de semana foram seis terminais eletrônicos, houve reféns e explosões. De acordo com dados do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB-MT), o Estado registra neste ano 21 ataques a caixas e 18 a bancos até esta segunda-feira (05). 

Delegacia do Consumidor investiga fechamento de curso preparatório

Delegacia do Consumidor investiga fechamento de curso preparatório

A Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) vai instaurar inquérito para apurar o fechamento do Curso Preparatório LFG, instalados em duas unidades na Capital. Cerca de 20 estudantes das unidades da Morada do Ouro e Avenida Fernando Correa, encontraram as portas do cursinho fechadas desde a sexta-feira (2) e registraram a ocorrência na Decon.   A Rede LFG é uma instituição conhecida nacionalmente como especialista em cursos preparatórios para carreiras públicas e Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo as denúncias, o curso era para iniciar na segunda-feira (29.07), mas os alunos que compareceram para assistir as aulas na unidade da Fernando Correa recebiam uma senha para assistir o conteúdo pela internet ou eram encaminhadas para unidade da Morada do Ouro. Na sexta-feira as duas unidades da Rede amanheceram fechadas.   Na unidade da Fernando Correa, além do curso preparatório funciona uma faculdade, mas nenhum aluno de curso universitário fez registro do fechamento, na Decon. Segundo a delegada da Decon, Ana Cristina Feldner, o inquérito irá apurar a possível pratica de estelionato e do crime do artigo 66, do Código de Defesa do Consumidor, de propaganda enganosa. “Fazer afirmação falsa ou enganosa, ou omitir informação relevante sobre a natureza, característica, qualidade, quantidade, segurança, desempenho, durabilidade, preço ou garantia de produtos ou serviços.”, prevê o artigo.   “O crime do Código de Defesa do Consumidor estabelece a relação de consumo fornecedor e consumidor. Neste caso, os alunos são os consumidores do serviço prestado pelo cursinho. Estamos esperando receber denúncias de outros alunos nesses próximos dias”, explicou à delegada.   Da Assessoria  

Cartilha dos Frigoríficos chega ao MT

Cartilha dos Frigoríficos chega ao MT

Da Assessoria A Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA Afins) lança nesta sexta (9), a Cartilha dos Trabalhadores do Setor Frigorífico no Estado do Mato Grosso. Evento será realizado na Câmara de Vereadores de Lucas do Rio Verde, às 9h. Material de bolso é voltado para mais de 400 mil trabalhadores no país e aborda nova regulamentação nas indústrias frigoríficas, a partir da publicação da Norma Regulamentadora n° 36 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em vigor desde abril. 

Incêndio atinge favela com mais de 350 barracos em Recife

Incêndio atinge favela com mais de 350 barracos em Recife

O Corpo de Bombeiros acredita que o incêndio que atingiu vários barracos na favela dos Coelhos, área central do Recife, nesta segunda-feira (5), foi causado após uma brincadeira de crianças. O major Marcelo Maciel disse que três crianças estariam brincando com fogo antes do incêndio começar.

Policiais federais pedem equiparação de papiloscopistas a peritos

Policiais federais pedem equiparação de papiloscopistas a peritos

Policiais federais protestaram nesta segunda-feira (5) contra a precariedade de serviços sociais e da saúde, o assédio moral dentro da corporação e o veto presidencial ao Projeto de Lei (PL) 244, que reconhece o papiloscopista como perito. A manifestação começou na praça Mauá, em frente à sede da Polícia Federal (PF), e seguiu até a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), onde os policiais acompanharam audiência pública para discussão de melhorias na estrutura da PF. A passeata e a audiência fazem parte da paralisação de 24 horas iniciada pelos policiais federais na madrugada de hoje.