PUBLICIDADE

TAM demite piloto que deixou Latino entrar na cabine durante voo

A TAM demitiu o piloto que deixou o cantor Latino entrar na cabine do avião durante um voo da empresa entre Recife e Rio, em 28 de abril. O copiloto também foi demitido.

13/05/2013 12h33 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00


 
Questionada a respeito, a TAM não quis comentar a demissão --limitou-se a dizer, em nota, ter tomado "ações disciplinares" e de prevenção para evitar novos casos.
 
Latino postou as fotos no Instagram (rede social de imagens), nas quais ele aparece sentado na poltrona do comandante e aparentemente segura uma das manetes de potência, o acelerador do avião, um Airbus A320.
 
A Folha revelou o episódio na última quinta. Norma da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) proíbe passageiros de entrar na cabine durante o voo; a entrada só é liberada com o avião no chão.
 
A agência apura a conduta da TAM e do piloto, que podem ser multados.
 
Inicialmente, a assessoria do cantor disse que o avião estava no chão. Mas o painel indica que ele estava em voo, com o trem de pouso recolhido e piloto automático ativo.
 
A TAM só confirmou ontem que o avião estava em voo.
 
Ontem, ao "Domingo Espetacular", da TV Record, Latino pediu desculpas aos pilotos e disse que não quis prejudicá-los. Afirmou ainda que errou e que postou as fotos por "brincadeira". E que, se pudesse, compraria um avião para empregar o piloto.
 
A reportagem não conseguiu contato com Latino.
 
.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE