PUBLICIDADE
SÃO PAULO

Índios ocupam Parque do Jaraguá contra mudança em demarcação de reserva

Governo federal reduziu espaço destinado aos índios no parque estadual, um dos previstos pelo governo de São Paulo para ser concedido à iniciativa privada.

13/09/2017 08h24 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Índios ocupam Parque do Jaraguá contra mudança em demarcação de reserva

Comissão Guarani Yvyrupa/Divu

Índios ocuparam o Parque Estadual do Jaraguá nesta quarta-feira (13), na Zona Oeste da capital, para protestar contra decisão do governo federal de anular a demarcação de terras indígenas na região. A medida foi anunciada pelo Ministério da Justiça em agosto.

Representantes da tribo guarani ocupavam a entrada do parque com faixas por volta das 7h desta quarta. O grupo já protestou também na região da Avenida Paulista.

O Ministério da Justiça anulou a portaria nº 581, de 2015, que garantia mais de 500 hectares de terra aos guaranis. Para isso, alegou “erro administrativo no procedimento inicial, que resultou em demanda de alteração da dimensão da terra indígena para 512 hectares”.

O texto diz ainda que a área “foi demarcada sem a participação do Estado de São Paulo na definição conjunta das formas de uso da área”. Para a revogação, também diz que a terra indígena Jaraguá tem a extensão de aproximadamente 3 hectares.

O governo de São Paulo tenta conceder o Parque do Jaraguá, entre outros, à iniciativa privada. De acordo com lei aprovada pela Assembleia, os parque serão concedidos por 30 anos para a "a exploração dos serviços ou o uso de áreas inerentes ao ecoturismo e à exploração comercial madeireira ou de subprodutos florestais" e estabelece que essa exploração por madeireiras só deve ser permitida em áreas com plano de manejo.

Os índios criticam a possibilidade da exploração da área e afirmam que a demarcação das terras indígenas atrapalha o objetivo “de destruir as matas para fazer dinheiro”.

FONTE: G1

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE