PUBLICIDADE
DISTRITO FEDERAL

Brasília pode entrar em estado de atenção no feriado de 7 de setembro

A OMS recomenda também a suspensão de atividades que exijam aglomeração de pessoas em recintos fechados, como salas de aula e até mesmo cinemas.

04/09/2017 14h09 | Atualizada em 04/09/2017 15h13

Brasília pode entrar em estado de atenção no feriado de 7 de setembro

Reprodução

O Distrito Federal terá, no 7 de Setembro, umidade variando entre 70% e 20%. Com isso, a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é a de que Brasília esteja em estado de atenção (umidade entre 30% e 21%) ou de alerta (entre 20% e 12%) – e não de emergência (abaixo dos 12%) – durante o Desfile da Independência na Esplanada dos Ministérios.

“No início da manhã a umidade estará por volta de 70%. A partir das 11h começará a baixar, chegando ao menor índice às 16h, quando deverá ficar por volta de 20%. Não acredito que baixe muito além disso. Na pior das hipóteses estaremos em estado de alerta”, prevê a meteorologista do Inmet Ingrid Peixoto.

Na semana passada, a avaliação dos meteorologistas do Inmet era a de que havia riscos de a umidade ficar abaixo dos 12% na semana do 7 de setembro, o que poderia resultar em alerta vermelho e, consequentemente, na declaração de Estado de Emergência pela Defesa Civil.

Nessas situações, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a interrupção total de qualquer atividade entre as 10h e 16h, em especial aulas de educação física, entregas de correspondência e coleta de lixo. Com isso, a preocupação dos meteorologistas era a de que a secura acabasse comprometendo as atividades comemorativas do 7 de Setembro na Esplanada dos Ministérios.

A OMS recomenda também a suspensão de atividades que exijam aglomeração de pessoas em recintos fechados, como salas de aula e até mesmo cinemas. Ambientes refrigerados não são recomendados porque o ar-condicionado retira a umidade desses recintos, prejudicando ainda mais as pessoas. Também está entre as recomendações previstas para o estado de emergência a umidificação de ambientes internos, em especial hospitais e quartos frequentados por crianças e idosos.

Em situações mais amenas, o Inmet pode emitir alertas amarelo (estado de atenção) ou laranja (estado de alerta). No primeiro caso, quando a umidade relativa do ar está entre 30% e 21%, o recomendado é que as pessoas se protejam do sol; evitem exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h; bebam mais água; e umidifiquem os ambientes.

O alerta laranja é emitido quando a umidade varia de 20% a 12%. Nesse caso, além do que é previsto pelo alerta amarelo, é recomendado que se evite aglomerações em ambientes fechados e que se umidifique olhos e nariz com soro fisiológico. O intervalo para que se evite exercícios físicos é ampliado para o período entre 10h e 16h.

Segundo o meteorologista Hamilton Carvalho, também do Inmet, não há previsão de chuva para esta semana no DF. “O céu estará de claro a parcialmente nublado, com névoa seca e temperatura máxima em torno de 28°, e mínima nos 14°”. Ele acrescenta que a umidade melhorou, na comparação com os dias anteriores. Carvalho acrescenta que a previsão do Inmetro para a semana tem uma margem de acerto alta, acima dos 90%.

Ele explica que, em geral, Brasília apresenta uma umidade mais alta do que a das demais regiões do Distrito Federal e do entorno. Isso acontece porque no extremo leste da cidade e em parte de Minas Gerais costuma haver umidade mais alta em função da circulação de “ventos em mais alto nível” [maior altitude] que trazem um pouco da unidade do oceano. Apesar da melhora em Brasília, a grande área central do país continua com baixa umidade.

Tradicionalmente, o evento inicia às 9h, na Esplanada dos Ministérios, com a chegada do presidente da República à tribuna presidencial. Ao longo do desfile haverá apresentações de militares, viaturas, cavaleiros e integrantes do Batalhão da Guarda Presidencial. O tema deste ano é "Viva sua Independência".

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE