PUBLICIDADE

Brasil - Página 1018

Dilma faz reunião para discutir proposta de convocação de plebiscito

Dilma faz reunião para discutir proposta de convocação de plebiscito

Pelo segundo dia consecutivo, a presidenta Dilma Rousseff tem uma série de reuniões hoje (25) com o objetivo de discutir soluções para encerrar a onda de manifestações no país. Dilma marcou conversas ao longo do dia com os presidentes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coelho, do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e do Senado, Renan Calheiros (PMDB). Em debate, a proposta de convocação de um plebiscito para instalar uma Assembleia Constituinte exclusiva para discutir a reforma política.

Dilma Propõe plebiscito após reunião com prefeitos e governandores

Dilma Propõe plebiscito após reunião com prefeitos e governandores

Em reunião com prefeitos e governadores das 27 unidades federativas, a presidente Dilma Rousseff anunciou nesta segunda-feira (24), no Palácio do Planalto, em Brasília, que irá pedir um plebiscito que autorize uma Constituinte para fazer a reforma política. O último plebiscito do país ocorreu em 2011 sobre a divisão do Estado do Pará, que foi rejeitada.

Alimentos em queda ajudam a aliviar a inflação

Alimentos em queda ajudam a aliviar a inflação

O levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) indica que essa baixa foi puxada pelo grupo alimentação (de 0,41% para 0,20%) com influência da queda de preços das hortaliças e legumes (de -3,01% para -5,53%).

Projeto de música abre inscrições para alunos da rede pública

Projeto de música abre inscrições para alunos da rede pública

As inscrições para um projeto gratuito de música foram abertas nesta segunda-feira (24) e podem ser feitas até o próximo sábado (29), em Belém. São 60 novas vagas para estudantes da rede pública de ensino com idade entre 7 e 9 anos. As aulas são gratuitas e os alunos recebem os instrumentos musicais para treinar em casa.

Alvo de hackers, sites do PT e PMDB ficam fora do ar

Alvo de hackers, sites do PT e PMDB ficam fora do ar

Alvo de ataques de hackers, o site do PT nacional ficou fora do ar durante uma parte do fim de semana. Na manhã deste domingo (23), a situação estava regularizada. Também sob ameaça de invasão, o site do PMDB nacional passa por reforço no sistema de segurança e encontra-se em "manutenção".

Governo deve anunciar na terça estímulo a residência em hospitais

Governo deve anunciar na terça estímulo a residência em hospitais

O governo federal deve anunciar na próxima terça-feira (25) medidas de estímulo à criaç?o de vagas de residência nos hospitais, como parte do programa "Mais Médicos", do Ministério da Saúde. Como informou com exclusividade no  sábado (22) o "Jornal das Dez", da GloboNews (veja vídeo ao lado), será a primeira resposta concreta da administraç?o de Dilma Rousseff à onda de protestos que tomou conta do país.

Agenda do país mudou e autoridades precisam se adequar, analisa pesquisador da PUC Rio

O professor e pesquisador do departamento de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro Ricardo Ismael avalia que as manifestações que ocorrem em várias partes do Brasil estão provocando uma mudança na agenda nacional. Ele destacou que autoridades de diversas esferas do país, que não deram declarações nas primeiras manifestações, começam a se manifestar.

Vítima da polícia paulistana pedirá indenização de R$ 700 mil

Vítima da polícia paulistana pedirá indenização de R$ 700 mil

O sinal está vermelho, e a luz fria de um poste de rua ilumina a fumaça em volta de 11 policiais da Força Tática paulistana, que carregam escudos e estão em posição de ataque. No primeiro plano, a cem metros dali, três manifestantes ensaiam uma aproximação. As bandeiras do Brasil e do estado na fachada de um hotel na esquina da Consolação com Maria Antônia, em São Paulo, estão estáticas.

Manifestantes em

Manifestantes em "guerra" do lado de fora superam público do Mineirão

Se do lado de dentro do Mineirão a festa foi bonita para a vitória do México por 2 a 1 contra oJapão, em jogo que não valia mais classificação pelo Grupo A da Copa das Confederações, o mesmo não se pode dizer do lado de fora. Mais de 60 mil pessoas foram protestar nos arredores do estádio, superando o público de 52.190 que comprou ingressos para o jogo, e acabaram protagonizando cenas de guerra com a polícia.