PUBLICIDADE
Evento

Cartoons vão dar graça a mais à Física

Mais uma linguagem artística foi selecionada para ser apresentada no FisicArte, Dessa vez é o cartoon.

Rose Domingues

Acesse o Blog

16/11/2017 18h08 | Atualizada em 16/11/2017 18h18

Cartoons vão dar graça a mais à Física

Divulgação

Uma das atrações da primeira edição do FisicArte – evento que acontece nos dias 1 e 2 de dezembro, no Instituto de Física da UFMT e vai traduzir o que as diversas áreas da Arte têm de influência da Física -, será o cartunista, Rodrigo Gonçalves. No currículo ele traz experiência de cartunista da Zine BAGAÇA – Revista Gorjeta e de algumas tirinhas nos jornais da Capital. Apaixonado por ciência, ele vai apresentar nessa edição algumas alusões também à Astronomia, como desenhos do astrônomo Carl Sagan – um dos percussores do fomento da popularização desta ciência com a criação do programa “Cosmos” – e ainda referências a Galileu Galilei e Albert Einstein.

 

Em um de seus cartoons (foto) ele faz referência à lei da gravidade que diz que todos os corpos caem com aceleração constante. O astrônomo Galileu Galilei quis observar o experimento da torre de Pisa para investigar a relação entre o peso de um corpo e sua velocidade de queda. Os experimentos sobre o movimento de corpos num plano inclinado são detalhadamente descritos por Galileu na sua famosa obra Discursos sobre duas novas ciências, foi melhorada por Isaac Newton e com Albert Einstein foi criada a Teoria Mecânica do Cosmo.

 

Gonçalves entrou no FisicArte a convite do professor e coordenador do evento,  Marcelo Marchiori, que deu a ideia de representar em cartoons alguns momentos da Física. Ao todo o evento apresenta 27 cartoons que serão impressos e pendurados nas paredes do Instituto de Física. Os temas são os mais diversos. Segundo ele, todos os temas foram escolhidos pelo grupo e compreendem o período que vai desde os gregos na Grécia antiga até a ciência atual. “Os desenhos sugiram do grupo dos alunos que estão participando do evento. Cada um escolheu uma parte da Física e eu entrei com os cartoons. Criei uns também e esta parte teve a contribuição de alguns professores para os desenhos”, destaca.

 

Apesar de a Física não ser um tema tão popular ele acredita que conseguirá passar a mensagem científica com sua arte para qualquer idade. Isso porque o cartoon e as histórias em quadrinhos abrangem uma quantidade enorme de pessoas e de uma faixa bem variada de idade. “Basta observar as tirinhas dos jornais e os cartoons políticos. Os desenhos têm disso mesmo, de facilitar a compreensão. Mas, caso a pessoa não entenda de imediato, haverá uma explicação pessoal, que será feita pelos alunos participantes do evento”, revela.

 

“Vale lembrar que os memes são também uma forma de explicação divertida de algo, e tem meme para tudo, inclusive para a Física. A ideia do cartoon é bem isto, a ideia da FisicArte é facilitar uma compreensão rápida para a divulgação científica”, detalha Gonçalves.

 

Sobre sua ligação com a astronomia ele indica que fez um trabalho com o professor-doutor, também do Instituto de Física, Denilton Gaio, que foi um trabalho da Astrofísica. “O trabalho é bem legal. Ano passado, fui ao Congresso de Ufologia aqui em Cuiabá e bem quando estava fazendo a matéria de Astrofísica com o professor Denilton. É muito comum, na internet, dizerem que a construção megalítica de Stonehenge foi obra de alienígenas. A última prova da matéria de Astrofísica eu fiz sobre o Stonehenge e nele pode ser visto que a construção não foi obra dos aliens, quem sabe, o nosso VLT foi”, brinca o cartunista.

Serviço

 

O FisicArte é uma realização do Instituto de Física e de outros cursos da UFMT. Será nos dias 1 e 2 de dezembro, no Instituto de Física, das 16 às 21h com entrada gratuita. É direcionado à toda a sociedade e idades. No local os visitantes podem interagir com algumas instalações e ver experiências artísticas de anamorfose, astrofotografia e fotografia entre outras formas de arte.

Mais sobre as atrações do evento podem ser vistas na fanpage Fisicarte.

(Adriana Nascimento – Space News MT)

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE