PUBLICIDADE
WÂNIA MONTEIRO

Dietas radicais levam á perda de peso?

27/09/2021 15h52 | Atualizada em 04/10/2021 11h13

As dietas radicais levam a perda de peso, mas não ao emagrecimento. As dietas muito restritivas eliminam água e músculos, levando a falsa impressão que emagreceu. Isso que ocorre quando vamos ao SPA, dietas de 300 cal com muita atividade física, perdemos nossa reserva de nutrientes e de massa magra, mas não a gordura, e quando voltamos do SPA para a nossa vida cotidiana, na primeira semana já ganhamos o peso que imaginávamos termos eliminados, de vez, do nosso corpo. Além disso essa perda brusca de peso é uma agressão ao organismo, que passa a buscar o equilíbrio, aumentando o apetite e desacelerando o metabolismo. Nosso organismo funciona igual a um computador, um sistema ligado ao outro e funcionando concomitantemente. Manter e ganhar massa muscular ajuda a acelerar o metabolismo e previne a sarcopenia, que prejudica muito a qualidade de vida e aumenta o risco de mortalidade. A sarcopenia é a perda da massa muscular que ocorre na maior idade. O ideal é aprendermos a comer, uma reeducação alimentar que nos ajude a aumentar ou manter a massa muscular e queimar a gordura excessiva. Se em um ano você conseguiu aumentar sua massa magra e eliminar a gordura corporal excedente , maravilhoso , qualidade de vida e saúde. Concluindo, as dietas restritivas severas não emagrecem.







Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE