PUBLICIDADE
WÂNIA MONTEIRO

O doce sabor de viver bem

13/10/2020 10h57 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

 O que o sabor traz para a mesa? Alimentos. Falamos tanto sobre suas origens, segurança e contribuições para a nossa saúde que às vezes nos esquecemos do prazer que ela pode trazer. Participar ativamente e consciente de uma refeição pode ser uma ótima maneira de desfrutar todos os cinco sentidos, e quando se trata de nutrição, que a experiência é importante demais. Alimentação consciente é estar presente, momento a momento, em cada sensação que temos durante a alimentação, como mastigar, degustar e deglutir. Se você nunca praticou a atenção plena de nenhuma maneira (como meditação, relaxamento ou exercícios de respiração), você está familiarizado com a facilidade com que nossas mentes devaneiam. O mesmo acontece quando comemos.  Quando você começa a praticar alimentação consciente, uma coisa importante a lembrar é não se recriminar quando você percebe sua mente à deriva da experiência de comer. Em vez disso, apenas tornar a voltar para a consciência daquele gosto, mastigação, mordida ou engolida. Quando uma pessoa começa a vida com cerca de 10.000 papilas gustativas. Elas transferem informações para uma região do cérebro que processa prazer, memória, motivação, recompensa e desejo.  Não é surpresa que se a comida não for saborosa as pessoas não irão comê-la. E sabemos que a nutrição é apenas tão boa quanto seu gosto. Quando perguntamos aos consumidores se eles acham que comida saudável pode ser saborosa, mais da metade acreditam que a comida pode ser saudável e gostosa ao mesmo tempo. Dar tempo para experimentar o prazer de comer pode também contribuir para hábitos alimentares mais saudáveis.  No entanto, se você está comendo apenas para reabastecer seu corpo, você pode estar perdendo todo o prazer da comida. Você pode até deixar de perceber os sinais quando comeu demais.  Por que não apreciar os prazeres da comida?



 



.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE