PUBLICIDADE
WANIA MONTEIRO

Que o alimento seja o seu remédio.

26/09/2018 11h41 | Atualizada em 01/10/2018 13h21

Para ter uma vida saudável e equilibrada, é fundamental aliar a prática de atividade física com uma alimentação correta, que forneça todos os nutrientes necessários para o funcionamento adequado do organismo. Por isso, é preciso atenção para evitar dietas restritivas que podem causar deficiências nutricionais e prejuízos à saúde e ao resultado dos treinos. A maior parte do nosso corpo é formada por água, inclusive os músculos, além disso, a água participa de todas as reações bioquímicas do organismo, contribuindo para perda de peso, melhora de rendimento e ganho de massa muscular. Sendo assim, não importa o objetivo, o consumo de água tem importante papel para se ter saúde. As proteínas são essenciais em todas as refeições porque, além de participar da formação dos tecidos, como músculos, cabelos e unhas, também diminuem, em geral, o índice glicêmico da refeição e o acúmulo de gorduras. Prefira carnes magras, peixes, aves, ovos e iogurtes naturais sem adição de açúcar. Peito de frango não é a única fonte de proteína de alto valor biológico que ajuda na construção muscular, carnes vermelhas magras (patinho, músculo, lagarto, filé), peixes magros como pintado, sardinha, e para prepará-las, prefira cozidas, assadas ou grelhadas, com baixa utilização de gordura e em baixa temperatura por pouco tempo. Além das proteínas de origem animal, existem as opções vegetais, como o tofu, as leguminosas e as oleaginosas. Além das proteínas, os carboidratos de baixa carga glicêmica devem ser consumidos ao longo do dia. Batata doce, mandioca e cereais integrais, como pão e arroz integral são boas opções, porém, cuidado ao escolher pães, pois a maioria se diz integral, mas não é. No período noturno, o carboidrato deve ser consumido em menor quantidade porque há menor gasto energético neste período. O carboidrato, desde que de boa qualidade, deve fazer parte da refeição noturna porque contribui para a produção da melatonina, um hormônio essencial para a boa qualidade do sono. A presença de gordura boa na dieta é essencial, pois participa da produção de hormônios, como a testosterona e na absorção de vitaminas lipossolúveis, como A, D, E e K. Boas fontes de gordura são o abacate, ovos, oleaginosas e azeite de oliva extra virgem.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE