PUBLICIDADE
Cristian Siqueira

O Rei do Carnaval

08/02/2018 07h10 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00


Ao nos aproximarmos da semana de carnaval, não há como não recordarmos a figura icônica de Seu 7 da Lira; para quem não sabe, Seu 7 é o nome pelo qual ficou internacionalmente conhecido o Guardião Sete Encruzilhadas Rei da Lira que muita gente curou na década de 70 em nosso país. Seu 7 reunia ao seu redor as maiores autoridades políticas, militares, e artistas de todas as vertentes que viam nele a última esperança para a solução de seus problemas físicos, mentais e espirituais. Seu 7 curava semanalmente em suas giras milhares de pessoas: cegos viam, surdos ouviam, paralíticos andavam, tumores, muitos tumores, sumiam, tudo a olho nu dos presentes e com comprovação médica posterior.

Seu 7 afirmava ter 4 coroas: a Coroa de Rei do Jogo, a Coroa de Rei do Canavial, a Coroa de Rei da Lira e a Coroa de Rei do Carnaval. O Guardião tinha uma estima especial pela festa carnavalesca e suas Giras eram marcadas pelas alegres características do carnaval. Ao se aproximar a semana da festa, Seu 7 realizava o Ebó de Carnaval, um ritual especial do qual todos participavam e que se voltava a proporcionar segurança física e espiritual aos seus fiéis durante os festejos carnavalescos. Seu 7 organizou em diversas ocasiões um bloco carnavalesco chamado “Os Carijós” onde ele mesmo saía, incorporado em sua médium, junto de seus filhos espirituais trabalhando em prol da cura de alguns doentes necessitados; algo sensacional e imaginável mesmo às mentes evoluídas do século XXI. É claro que o carnaval é uma festa boa e alegre, no entanto, bem o sabemos, grandes festas massivas com excesso de álcool acabam por proporcionar grandes descontroles de energia por parte das pessoas que, alcoolizadas e emocionadas, passam a liberar maior quantidade de energias livres, o que atrai todos os tipos de energias interessadas em captá-las a todo custo. Aí é que reside o grande “x” do carnaval sob a ótica espiritualista.

Seu 7 e sua falange trabalham nos grandes momentos de emoções de nossa gente, inclusive no carnaval, protegendo os inocentes e salvando-nos de perigos. Um dos grandes ensinamentos que sua Falange nos traz é a certeza de podermos nos divertir sadiamente de forma segura, sem que causemos mais problemas a outros e a nós mesmos. Certamente que 50% dessa segurança já estão no cuidado com o álcool e a direção automobilística; a outra metade se liga a nossa consciência cuja sanidade é sempre essencial. Antes de sair para pular o carnaval ou antes de ir para festas imprevisíveis, garanta sua proteção e sua defesa. Faça suas preces com a certeza de que a fé tudo acompanha e alcança. Salve Seu 7!

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE