Quarta-Feira, 24 de Maio de 2017
GRACI OURIVES DE MIRANDA

HOSPITAL JULIO MÜLLER : ÉTICA E PROFISSIONALISMO

O conceituado Hospital Júlio Müller, este situado a Rua Luís Philippe Pereira Leite, Jardim Alvorada, Cuiabá, Mato Grosso

 

Fotos: Graci Miranda

O conceituado Hospital Júlio Müller, este situado a Rua Luís Philippe Pereira Leite, Jardim Alvorada, Cuiabá, Mato Grosso. Historicamente, desde 1982 o Reitor Benedito Pedro Dorileo, criou Grupo-Tarefa, coordenado pelo Doutor/Professor, Eduardo De Lamonica Freire, o médico que sempre manifestou um potencial humanista, transmitindo seus princípios tanto para o corpo docente quanto para o corpo discente. Desde que assumiu a chefia do Departamento de Medicina, que foi “Criado no âmbito da Universidade Federal de Mato Grosso, sendo inaugurado em 31/07/1984.” Freire, foi eleito Reitor e nomeado, exercendo o mandato de 1984-88, e continuou labutando para a promoção da humildade e sustentabilidade (MIRANDA, 2016) bem como, prestando serviços junto à sociedade carente. O professor pontuou:

Os pacientes que procuram o HUJM devem ser tratados por todos os que trabalham na instituição de ensino com espirito de igualdade, não importando de maneira nenhuma, seu nível social e sua história de vida. Respeito e dignidade deve ser o princípio do seu tratamento, como ser humano e como paciente” (Eduardo De Lamonica Freire, 2017).

Há de se notar que os servidores do HUJM, seguem os princípios do profissionalismo, com muito amor: dos instrumentos de trabalho ao relacionamento com o paciente, e que, mesmo com o diminuto espaço físico e restrições tecnológicas, nada os detém, estes são geradores de esperanças, utilizam a imaginação para criar formulas de permitir que os cidadãos sintam-se no mundo dos iguais perante a lei. Assim, a serenidade e equilíbrio destes Médicos “Heróis” transformam as carências de cada cidadão em bem-estar. Cristalizam-se posturas apregoadas na Constituição de 1988, Titulo- II, do Art.5º “Todos são iguais perante a lei (...). I-, homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações (...)”. Em entrevista para o Jornal: Circuito Mato Grosso, com o Jornalista Reinaldo Fernandes, o superintendente atual, Dr. Hildevaldo Monteiro Fortes, (2017) o atual gestor demonstra sua preocupação com a Instituição, e que o HUJM necessita de apoio politico. Porém nós como pacientemos afirmamos que: profissionalismo, ética e serenidade sempre existiram neste espaço do: HUJM.

A jornalista Aline França, da Universidade Federal de MT-TVU, (2017) pontuou as diversas tentativas do HUJM na labuta pela prevenção para salvar vidas através do Banco de leite-HUJM, “Eles são pequenos mais já lutam pela vida, o principal  remédio e a fonte de sobrevivência é natural e não tem preço: é o leite materno” (França, 2017). As mulheres que fazem a doação estão trabalhando para prevenção, e, por: sociedade mais humana e com mais igualdade. O estoque de leite deixa-nos repletos de esperança, que necessitamos ser: incentivador e propiciador da igualdade e vida digna para todos.

Mas, parece-nos que, dentre os 141 Municípios, alguns não manifestam apoio adequado à população. Então, existem muitos pacientes que são transportados para serem medicados pelos profissionais do HUJM, porém, estes que poderiam receber tratamentos nas suas cidades. Deparamo-nos ladeados ao HUJM quatro Casas de Apoio, “oficial” refletimos, será, que os responsáveis por estas “Casas de Apoio” estão contribuindo para melhoria de vida dos pacientes que são tratados no HUJM?  E, se essas “Casas de apoio” estão sendo fiscalizadas e inspecionadas, do: controle de teor nutricional à água que consomem? (Constituição-1988, Emenda 85/2015).

A sociedade Mato-grossense agradece e confia nos servidores do HUJM, principalmente; Professor e superintendentes: De Lamonica Freire, Dr. Dr. Francisco José Dutra Souto e atual Gestor, Dr. Fortes.

Temos esperanças que os gestores Municipais sejam céleres! E, que pratiquem ações para suprir a demanda da sociedade nas suas localidades, e, criando novos Hospitais. Assim seguindo posturas dos profissionais do HUJM, hospital referência, tal como: “(...) promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”. (Artigo 3º, inciso IV, Constituição Federal.).

Graci Ourives de Miranda, Professora

Referências:

Jornal Circuito Mato Grosso

FRANÇA, Aline, Banco de Leite. Banco de Leite. HUJM. 2017 VIDEO-TVU-Universidade Federal de Mato Grosso-UFMT.<http://www.ufmt.br/ufmt/tvu/galeria/index/0/185/0>

MIRANDA, Graci Ourives de. Sustentabilidade Ambiental, Acadêmicos Arregimentando a População para o Reflorestamento. Engineering and Science, v. 1, p. 91-104, 2016

<http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/eng/issue/view/270 >

<http://200.17.60.196/hujm/site/institucional/default.asp?menu=institucional&submenu=historico.>

GRACI

GRACI OURIVES DE MIRANDA

1 comentários

  1. em 20/04/2017 20:40

    Muito bom !

COMENTAR