PUBLICIDADE
SOJA

Mato Grosso deve exportar quantidade inédita de soja

Com a alteração no dado de demanda da safra 2015/16, os estoques finais foram reduzidos para 170 mil toneladas

19/04/2017 09h20 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Foto: Reprodução

Por NotíciasAgrícolas

Em abril, o Imea atualizou as estimativas de oferta e demanda da soja em grão para as safras 2015/16 e 2016/17 em Mato Grosso.

Na primeira estimativa de oferta e demanda para 2017 apenas a demanda da safra 2015/16 foi revisada, saindo de 27,77 milhões de toneladas na previsão de dezembro de 2016 para 27,94 milhões de toneladas na nova estimativa. A principal alteração para a revisão positiva veio nos dados de esmagamento, que se consolidou acima da previsão anterior, com 8,22 milhões de toneladas de soja processada em 2016. Com a alteração no dado de demanda da safra 2015/16, os estoques finais foram reduzidos para 170 mil toneladas.

Apesar dos estoques finais da safra anterior ficarem abaixo da previsão de dezembro de 2016, a oferta da safra 2016/17 da soja mato-grossense na nova estimativa apresentou um incremento considerável, pautada na produção esperada para 2017, de 31,04 milhões de toneladas, o que projeta a oferta da safra atual em 31,22 milhões de toneladas contra a previsão de 30,82 milhões de toneladas na estimativa anterior.

Para a demanda, na nova projeção é aguardada quantidade exportada inédita por Mato Grosso, de 16,86 milhões de toneladas, e envio do grão a outros estados também em quantidades consideravelmente elevadas, de 4,8 milhões de toneladas, com ambas as variáveis apresentando valores superiores à previsão de dezembro de 2016. Ainda assim, o principal vetor de impacto na retração da demanda da safra 2016/17 ante a previsão passada foi o esmagamento de soja por Mato Grosso, de 8,84 milhões de toneladas na nova estimativa, o que representa um recuo de 5,8% em relação à estimativa anterior.

Em 2017, ao que tudo indica, a oferta e demanda da soja mato-grossense tendem a registrar quantidades historicamente elevadas. Ainda assim, o crescimento da oferta em um ritmo mais intenso em relação à demanda tende a refletir sobre os estoques finais da safra que podem apresentar patamares superiores àstemporadas passadas, previstos neste momento em 0,71 mil toneladas ao fim de 2017.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE